Olhar Direto

Sexta-feira, 21 de fevereiro de 2020

Notícias / Turismo

'Só conseguia ver o céu e o caiaque', diz atleta que desceu cachoeira de 40 metros

Ele desceu uma cachoeira de 38,7 metros de altura, em Mato Grosso, usando um caiaque. Na queda, que durou 2,97 segundos, a velocidade máxima atingida foi de 115 km/h.

G1

02 Abr 2009 - 09:48

Foto: Reprodução/ Pedro Lima

Pedro Oliva desceu cachoeira de 38,7 metros de altura em menos de 3 segundos

Pedro Oliva desceu cachoeira de 38,7 metros de altura em menos de 3 segundos

Ele desceu uma cachoeira de 38,7 metros de altura, em Mato Grosso, usando um caiaque. Na queda, que durou 2,97 segundos, a velocidade máxima atingida foi de 115 km/h. A imprensa internacional repercutiu o fato como ousadia e muitos disseram que o atleta é maluco. Mas Pedro Oliva, 26 anos, garante: “foi algo bem técnico e tudo muito bem planejado”.

Oliva, natural de São José do Rio Preto (SP), desceu a cachoeira conhecida como Salto Belo, em Campo Novo dos Parecis (MT), no dia 4 de março. O feito rendeu a ele e à equipe o recorde mundial do esporte, o caiaque extremo (do inglês kayak extreme). O recorde, aceito pela comunidade dos praticantes desse esporte e publicado em revistas de referência, deve ser agora submetido ao Guinness World Records para avaliação e registro.

A técnica, segundo Oliva, foi o que garantiu o sucesso da descida. Da escolha dos equipamentos ao planejamento da melhor posição para a queda, tudo foi calculado detalhadamente. A equipe, formada por brasileiros e americanos, conta até com a ajuda de um matemático. “Começamos a desenvolver teorias até um pouco fora da linha do esporte, para pensar na queda”, diz o atleta.

'Você vai morrer'
A descida do Salto Belo aconteceu um dia depois de feito semelhante no Salto das Nuvens, em Tangará da Serra (MT). “Depois de rodar oito mil quilômetros, passando por bons lugares para descer, chegamos ao Salto das Nuvens, e depois, ao Salto Belo. Foi uma progressão. Cada lugar a que chegávamos se mostrava melhor que o anterior”, diz Oliva.