Olhar Direto

Segunda-feira, 17 de fevereiro de 2020

Notícias / Esportes

Rubinho: falha na largada em Melbourne foi do equipamento

Bastante criticado por seu carro quase ter morrido na largada do GP da Austrália, Rubens Barrichello garante que não errou nos segundos iniciais da disputa de Melbourne. De acordo com ele, uma falha mecânica foi a causa do problema, que o fez cair da 2ª para a 7ª posição. "O que aparece para o público é que o piloto errou. Mas já aprendi a conviver com isso".

Gazeta Press

02 Abr 2009 - 11:10

Bastante criticado por seu carro quase ter morrido na largada do GP da Austrália, Rubens Barrichello garante que não errou nos segundos iniciais da disputa de Melbourne. De acordo com ele, uma falha mecânica foi a causa do problema, que o fez cair da segunda para a sétima posição.

"Fazemos cálculos de aderência na saída dos boxes com simulações de largada e esses dados alimentam o computador que controla a embreagem. Apuramos que havia determinada aderência só que, na realidade, ela mostrou-se maior. Com isso, na largada, os pneus aderiram mais ao asfalto, os giros do motor caíram e o sistema mudou de primeira marcha para ponto morto", explicou o piloto da Brawn GP, em entrevista ao jornal Estado de São Paulo.

Rubinho, no entanto, evitou culpar a equipe e diz não se importar com as críticas. "Não posso fazer isso porque foi a primeira corrida com pneus slicks, que são mais aderentes. O que aparece para o público é que o piloto errou. Mas já aprendi a conviver com isso porque interiormente sei o que se passou e é o que vale", afirmou.
Sitevip Internet