Olhar Direto

Quinta-feira, 22 de agosto de 2019

Notícias / Carros & Motos

Vendas de carros usados sobem 3,35% em março em SP

G1

07 Abr 2009 - 17:50

As vendas de carros usados subiram 3,35% em março no estado de São Paulo, segundo levantamento da Associação dos Revendedores de Veículos Automotores no Estado de São Paulo (Assovesp), divulgado nesta terça-feira (7). Ao todo foram 139.722 negócios realizados pelas revendas no mês, contra os 135.196 negócios fechados em fevereiro.

Segundo a Assovesp, 77,8% dos negócios foram realizados com carros populares (até 1.000 cilindradas) e 22,2% com carros não populares. Em relação aos carros populares houve aumento de 1,54%, ao comparar março com fevereiro.

Em relação à forma de como o veículo foi comprado, 73% dos negócios foram financiados contra 66% em fevereiro. O prazo médio do financiamento foi de 47 meses contra 48 meses em fevereiro. Já o saldo financiado foi de 72% contra 74% em fevereiro. As trocas ficaram em 50% contra 48% em fevereiro.

Em nota, a Assovesp afirma que a restrição de liberação de crédito para os financiamentos ainda continua, o que dificulta as vendas. Segundo a entidade, as taxas de juros praticadas ainda são altas e as exigências e a burocracia para o cadastro do consumidor têm dificultado o desempenho do setor.

Desvalorização

Os carros usados desvalorizaram, em média, 1,18%. O segmento de importados foi o que mais sofreu, com desvalorização de 2,07% sobre os preços. Já os automóveis populares desvalorizaram 1,64%. Por combustível, os carros somente a álcool desvalorizaram 1,44%, entretanto, os bicombustíveis valorizaram 0,15%.

Em média, as motocicletas usadas desvalorizaram 2,14% em São Paulo. Já os caminhões desvalorizaram 0,99%.

A Assovesp afirma que o mercado, aos poucos, começa a retomar os preços praticados antes da crise, mas alerta que ainda há muita diferença entre os valores anunciados e os praticados de fato. “A diferença de 20% nas cotações ainda persiste, para um mesmo modelo, dependendo da região, de como e com quem o carro é oferecido”, diz a entidade.

Motocicletas

A retomada do ritmo de vendas não é observada no segmento de motocicletas. O resultado de março foi praticamente estável em relação a fevereiro: foram 7.279 negócios com motos no mês contra 7.217 unidades no período anterior.

A entidade afirma que 58% dos negócios foram financiados, com prazo de 34 meses e 69% do saldo financiado. Trocas ficaram em 38%. Em fevereiro, os números foram: 64% financiados em 40 meses com 78% do saldo financiado. As trocas aconteceram em 32% dos negócios.

Caminhões

A procura por caminhões usados no estado de São Paulo aumentou 3,45% - foram somados 3.331 negócios com caminhões em março contra 3.220 negócios em fevereiro. Das vendas, 53% foram financiadas em 29 meses, cobrindo 45% do saldo devedor. As trocas representaram 9% dos negócios. Em fevereiro, os consumidores estavam mais comprometidos com financiamentos, já que 56% dos negócios foram financiados em 46 meses cobrindo 58% do saldo, com trocas em 44% dos negócios.
Sitevip Internet