Olhar Direto

Terça-feira, 15 de outubro de 2019

Notícias / Economia

Sicme promove missões internacionais para empresários

Efetivar o programa de capacitação e buscar oportunidades para os pequenos empresários no mercado internacional é o objetivo do Governo do Estado, por meio da Secretaria de Indústria, Comércio, Minas e Energia (Sicme), juntamente com o SEBRAE-MT, ao promover missões empresariais.

Da Redação C/ Asssessoria

10 Abr 2009 - 11:36

Efetivar o programa de capacitação e buscar oportunidades para os pequenos empresários no mercado internacional é o objetivo do Governo do Estado, por meio da Secretaria de Indústria, Comércio, Minas e Energia (Sicme), juntamente com o SEBRAE-MT, ao promover missões empresariais. Além de ampliar o conhecimento de mercado, os participantes têm a possibilidade de prospectar negócios e trocar experiências com outros investidores.

Prova disso, são os bons resultados dos empresários de Mato Grosso que estiveram, na última semana, na Missão Fital, realizada na Feira de Maule, Chile. O grupo, composto por dez investidores, percorreram a feira de 450 expositores de diversos segmentos e fizeram visitas técnicas na região. Na oportunidade, prospectaram negócios, conheceram as tendências internacionais e visitaram três vinícolas, recebendo uma aula de como se pode ter uma alta produtividade, mesmo em condições adversas.

Pela primeira vez em uma missão no Chile, o empresário Alessandro Telêmaco Azevedo, da Viña Bebidas Finas, viajou com o intuito de conhecer as vinícolas da região do Maule e importar o vinho chileno. O investidor voltou ao Brasil com o negócio bem adiantado. Ele afirma que a viagem atendeu as expectativas e que pretende participar de outras missões e conhecer demais mercados como a Argentina. “O empenho da coordenação da missão empresarial foi grande e estou satisfeito. Se fecharmos o negócio, será a primeira vez que importaremos vinho do Chile”. Segundo Alessandro, a importação irá ampliar ainda mais a presença da sua loja no Estado, que está há quatro anos no mercado e, atualmente, oferece 600 a 700 rótulos de vinhos de 13 países.

Quem também saiu satisfeito com a missão foi o empresário de Cáceres, Wilson Alves Garcia Girardi, da Cooperativa dos Criadores de Jacaré do Pantanal (Coocrijapan). Para ele, a viagem foi o pontapé inicial para os negócios com o Chile. “Os contatos proporcionados na feira possibilitaram que saíssemos de lá com um negócio bem adiantado. Acredito que em breve estaremos exportando carne de jacaré para os chilenos”.

Para aqueles que foram com o intuito apenas de analisar o mercado internacional, a participação na Feira também agradou. Com essa intenção, a proprietária de um frigorífico em Pontes e Lacerda, Marlene Vidoxi Bragato, embarcou para o Chile. A empresária, veterana em missões no Brasil, disse que foi a primeira vez que fez uma viagem internacional em busca de novos mercados. Segundo ela, o Chile seria uma oportunidade para ampliar os negócios no exterior, o que foi confirmado com a visita ao país. “Já estaríamos com negócio fechado se eu tivesse o produto pronto. Assim que o frigorífico começar a funcionar, voltaremos a entrar em contato”.

Na feira, a proprietária do Frig-Ovinos presenciou vários estandes de diversos segmentos, onde aprendeu novas formas de melhorar seu empreendimento. As exposições de máquinas agrícolas, vinícolas, ramos de construção, artesanatos e uso da energia solar, foram as que mais atraíram a empresária, que voltou bastante otimista e pronta para trabalhar. “A nossa vantagem é que temos matéria prima para criar os ovinos, que é o milho e proteína. Nossa carne é mais tenra, bonita e saudável. Ganhamos também no tempo de criação, que é bem menor”.

O obstáculo da empresária será competir com o Uruguai, que já vende a carne de ovelha para o Chile. “Será um desafio, mas estamos preparados para conseguir nosso espaço. Fiquei estagnada em ver o quanto aprendemos com estas missões. As portas se abrem quando você tem conhecimento de mercado. Percebemos que não estamos isolados”.

Os representantes da Sicme e Sebrae também realizaram contatos institucionais com o prefeito de Talca, que se comprometeu em levar os empresários chilenos para as feiras realizadas em Mato Grosso e demais estados brasileiros.

Próximas Missões – Focando nas oportunidades e novas tendências de mercado, a Secretaria de Indústria, Comércio, Minas e Energia (Sicme) prepara novas missões para 2009. A próxima programada será a 9º Missão Técnica Internacional para o Varejo Orlando/EUA, que acontecerá entre os dias 22 a 30 de maio. Também estão inclusas na agenda, missões para o Peru e Bolívia, onde será trabalhado o Projeto Mercado de Fronteira, além de Miami e Nova York, planejadas para o segundo semestre de 2009.

O secretário de Estado de Indústria e Comércio, Pedro Nadaf, destaca que as missões são fundamentais para o momento atual. “Mesmo com a crise no mundo, o Governo continua buscando novas alternativas para fortalecer o mercado interno e a economia de Mato Grosso”.

Líder da Unidade de Acesso a Mercados do SEBRAE-MT, Marta Torezam, afirma que a ideia da entidade é educar o empresário com uma visão para fora do país, fazendo com que ele entenda a necessidade, no momento atual globalizado, da internacionalização e da importância de prospectar negócios em outros países como Bolívia, Peru e Chile. “Esperamos, que o empresário tenha, de médio a longo prazo, uma presença ativa nos negócios internacionais”.

Sitevip Internet