Olhar Direto

Sábado, 19 de outubro de 2019

Notícias / Cultura

Feira Internacional traz produtos de 26 países a Cuiabá

Da Redação / Thalita Araújo

10 Abr 2009 - 15:26

Foto: Thalita Araújo/OD

Louças da Turquia

Louças da Turquia

Um espaço onde os cuiabanos podem encontrar produtos de outros estados brasileiros e de mais 26 países. Essa é a Multifeira Internacional, com 89 estandes, cerca de 200 expositores e muita novidade interessante nas áreas de artesanato, decoração e moda. A feira teve início no último dia 3 e fica até o próximo domingo,12, das 16 às 23 horas, no Centro de Eventos do Pantanal, prevendo um maior movimento neste feriadão de páscoa.

O mesmo evento, realizado por Carlos Alberto Pizani, da CAP Promoções, já existe em outras cidades brasileiras como Rio de Janeiro, São Paulo, Brasília, Curitiba, Florianópolis, João Pessoa, Maceió, dentre outras. É a primeira vez que acontece em Cuiabá. “Eu já conhecia a cidade, e gosto muito daqui. E vi que Cuiabá comportava a feira. As pessoas aqui gostam de sair com a família para ver artesanato”, diz Carlos.

Ainda com o movimento fraco nos primeiros dias, ele disse que foi um desafio trazer a Multifeira para a capital cuiabana, mas que a proposta é que retorne no ano seguinte, mantendo-se anual. “Espero que no próximo ano eu consiga mais apoio do município e do Estado para trazer uma feira maior ainda para Cuiabá”, diz Carlos.

A feira está dividida entre as exposições internacionais, as nacionais e ainda tem um espaço voltado apenas para expositores mato-grossenses. Conta também com praça de alimentação com muita comida regional e espaço para divertir as crianças enquanto os pais fazem suas compras.

Todos os expositores dos países de fora vêm junto, ficando em seus estandes, acompanhando as vendas. Há uma equipe brasileira que os acompanha, para fazer a comunicação com o público e realizar as vendas.

Alex Ndaka é africano, do Kênia, e é a primeira vez que vem a Mato Grosso. Ele já expôs algumas outras vezes em outros lugares do país e, daqui, já parte para outra exposição no Rio de Janeiro. Seus produtos são todos confeccionados por sua família, na África. São objetos para a casa, utilitários, decoração e acessórios de beleza, feitos com vários tipos de madeira, pedra kisii (um tipo de pedra africana), chifre de veado e osso de camelo.

Outra exposição que tem encantado os visitantes, é a do Peru, cheia de cores, dourados, madeira talhada, cheia de pinturas e espelhos, com um toque do estilo barroco. A expositora peruana Úrsula Tolentino diz que a feira ainda precisa de mais visitantes. Ela mostra suas mandalas antigas, pré-colombianas, as máscaras de cobre, os enfeites de porcelana e as diversas flautas, instrumento que não falta às músicas tradicionais da cultura peruana. 

Já acostumados a expor nas grandes metrópoles brasileiras, a maioria dos expositores internacionais queixou-se do movimento ainda fraco, como o paquistanês Bilweni, que comercializa produtos de Dubai. Ele diz que sabe que aqui tem muitas pessoas com poder aquisitivo, e que a cidade é muito quente. E acha que as chuvas diárias durante a semana e o clima mais ameno fizeram com que as pessoas ficassem mais em casa nas horas vagas. “Acho que nesse final de semana o movimento vai ser muito bom”, disse Bilweni. Em seu estande, bijuterias banhadas a ouro, todas com design de Dubai), muitos tecidos, colchas e almofadas. Ele conta que depois do início da novela global “Caminho das Índias”, as brasileiras, que já compravam seus produtos, passaram a comprar mais ainda, inspiradas pela moda das personagens.

Cristais da Tunísia (Por Thalita Araújo)Muitos outros estandes deixam a feira mais colorida e culturalmente diversificada. Há imagens religiosas, esculpidas em madeira, vindas de Jerusalém; louças e taças de cristais com bordas banhadas a outro da Tunísia; louças de porcelana peculiarmente colorida da Palestina; lanternas cheias de vidros, metal e cores, da Turquia; roupas, acessórios e tecidos da Índia, e muito mais.

A Multifeira Internacional está aberta até domingo, de 16 às 23 horas, no Centro de Eventos do Pantanal. A entrada custa R$5,00. 

8 comentários

AVISO: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Olhar Direto. É vedada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O site Olhar Direto poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema da matéria comentada.

  • Franciely Silva
    04 Dez 2016 às 07:59

    Quando volta? quero no ano de 2017

  • Marli
    06 Abr 2015 às 14:00

    Estou procurando um crucifixo dourado sem a imagem , será que posso encontrar nessa feira? Pensei no stand de Jerusalem.

  • lidiane
    22 Abr 2014 às 16:26

    Gostaria de saber como encontro a vela que nunca acaba?

  • Marilice de Oliveira Ortolani Domingues
    21 Nov 2013 às 16:42

    Gostaria de saber onde compro os espelhos Peruanos redondos que constam neste site? ( tamanho grande) Obrigada Marilice

  • Sâmella
    24 Abr 2011 às 16:16

    Eu trabalhei nessa feira e devo dizer, foi muito extraordinario, tudo muito criativo..

  • Wanderson A. S. Duarte
    11 Abr 2010 às 16:35

    Muito boa a matéria, só queria avisar que a data está errada, é domingo dia 11/04 e não dia 12! Valeu, seu espaço foi muito útil para informações, pois, curiosamente, estava mais completo que o site da organização do evento, no tocante a agenda !

  • Matheus
    18 Set 2009 às 10:29

    Foi um evento muito bacana, produtos que nunca tinha visto, artesanato de vários países. Além de produtos pude conhecer um pouco de culturas do oriente, india poxa 26 países. Muito bacana recomendo!

  • Marcos Antonio
    10 Abr 2009 às 20:57

    Nunca vi nada parecido em minha vida, a feira está muito linda, parecia estar em outro pais quando entrei nela, parabéns a quem teve esta idéia, Cuiabá estava precisando de um evento como este, espero que voltem mais vezes.

Sitevip Internet