Olhar Direto

Quarta-feira, 23 de setembro de 2020

Notícias / Mundo

Fritzl é suspeito por assassinatos não resolvidos na Áustria

Terra

22 Mar 2009 - 07:40

Condenado à prisão perpétua pelos crimes cometidos contra a família, Josef Frtizl também está sendo considerado suspeito por pelo menos quatro casos de assassinatos e desaparecimentos não resolvidos na Áustria, informou neste sábado a rede americana Fox News.

Mesmo que, de qualquer forma, ele vá passar o resto na vida na prisão, a polícia austríaca resolveu investigar novamente o caso de Martina Posch, que, em 1986, foi estuprada, estrangulada e jogada em um lago bem próximo a uma propriedade de Josef e Rosemarie, a mulher de Fritzl.

"O que intriga é que Martina se parece muito com a filha de Fritzl. É inacreditável", disse o chefe de polícia Alouis Lissl. Os outros casos são de Anna Neumayer, 17 anos, que foi morta a tiros em um local próximo de onde Fritzl trabalhava, em 1966, e de Julia Kuehrer, 16 anos, que desapareceu perto de sua casa, em 2006.

As investigações também foram abertas para o caso do assassinato da prostituta Gabriele Superkova, 20 anos, cujo corpo foi encontrado em um lago localizado perto de onde Fritzl passava um final de semana em 2007, segundo informações da Fox News.
Sitevip Internet