Olhar Direto

Quarta-feira, 21 de agosto de 2019

Notícias / Carros & Motos

Vendas da Chrysler caíram 48% em abril nos EUA

AE

01 Mai 2009 - 19:51

Os dados sobre vendas de veículos nos Estados Unidos em abril divulgados hoje não mostraram sinais de recuperação econômica, apesar da antecipada expectativa de que as montadoras registrassem algum alívio no mês passado. Chrysler, que ontem pediu concordata, registrou a maior queda, de 48%, para 76.682 unidades.

As incertezas sobre a General Motors e a Chrysler ajudaram a derrubar as vendas em abril, que haviam tido um desempenho positivo no início do mês. A GM informou venda de 172.150 veículos no mês passado, uma redução de 33%. Ainda assim, a maior parte das companhias obteve seu melhor resultado deste ano no mês passado.


Uma exceção foi Toyota, que anunciou queda de 42% nas vendas e permitiu que a Ford Motor, cujas vendas recuaram 33%, ultrapassasse a montadora japonesa em vendas mensais pela primeira vez desde março do ano passado. A Ford vendeu em abril 133.979 veículos leves nos EUA, enquanto a Toyota vendeu 126.540.


Nissan Motor registrou 38% de declínio nas vendas em abril, para 47.190 unidades. Honda Motor teve queda de 25%, para 101.029, e Hyundai vendeu 33.952 veículos, uma redução de 14%. As vendas do setor automotivo despencaram nos EUA desde setembro, conforme as condições econômicas pioraram. "Nós continuamos operando em um ambiente econômico e competitivo muito desafiador", disse Ken Czubay, vice-presidente para vendas e marketing da Ford.
Sitevip Internet