Olhar Direto

Segunda-feira, 17 de junho de 2019

Notícias / Brasil

Câmara aprova prorrogação da CPI dos Grampos por mais 60 dias

Folha Online

10 Mar 2009 - 16:40

O plenário da Câmara aprovou,hoje, a prorrogação das atividades da CPI das Escutas Telefônicas por 60 dias --o prazo pode ser prorrogado novamente pelo mesmo período. A iniciativa foi sugerida pelos integrantes da comissão. O objetivo é aprofundar as investigações sobre as denúncias apresentadas pela revista "Veja"'. 

De acordo com a reportagem, autoridades dos três Poderes foram investigadas de forma ilegal sob orientação do delegado da Polícia Federal Protógenes Queiroz. A CPI já havia aprovado hoje, por unanimidade, a prorrogação das atividades da comissão por 60 dias.

A CPI das Escutas Telefônicas da Câmara analisa ainda possibilidade de convocar uma série de pessoas envolvidas nas investigações e vazamento de dados da Operação Satiagraha. Na relação de pessoas que podem ser convocadas estão delegados da Polícia Federal e ex-integrantes da Abin (Agência Brasileira de Inteligência).

O deputado Raul Jungmann (PPS-PE) apresentou nesta terça-feira requerimento para convocar Protógenes para dar explicações sobre as denúncias de que teria espionado um grupo de autoridades públicas sem autorização judicial.

Jungmann também sugere ouvir ex-diretor da Abin Paulo Lacerda; o delegado da PF, Amaro Vieira Ferreira, responsável pela investigação interna sobre eventuais abusos cometidos por Protógenes; e os servidores da agência Lúcio Godoy de Sá e Jerônimo Jorge da Silva Araújo.

O relator da CPI, deputado Nelson Pellegrino (PT-BA), sugeriu ainda que também fosse ouvido o delegado da PF Amaro Vieira Ferreira, que preside o inquérito sobre o vazamento de informações da Operação Satiagraha. O petista afirmou ainda que Protógenes poderá ser submetido a acareações.
Sitevip Internet