Olhar Direto

Quarta-feira, 03 de junho de 2020

Notícias / Brasil

Conselho Tutelar denuncia padrasto suspeito de engravidar enteada de 11 anos

Folha Online

08 Mar 2009 - 20:49

O Conselho Tutelar de Barro Alto (GO) denunciou um homem de 29 anos suspeito de estuprar e engravidar a enteada de 11 anos. O padrasto da menina está foragido. Ele morava há dois anos com a mãe da menina.

Segundo a Polícia Civil, o Conselho Tutelar soube do caso por meio de uma denúncia anônima. Os conselheiros foram até a casa da menina, que revelou que era abusada pelo padrasto e confirmou a gravidez.

Na delegacia, a menina contou que teve mais de 15 relações sexuais com o padrasto. A mãe também prestou esclarecimentos e disse que não sabia da violência que a menina sofria dentro de casa. Segundo a polícia, a mãe ficou surpresa com o relato da filha.

A mãe disse ainda que só soube da gravidez em 20 de fevereiro, quando levou a menina ao médico. Elas foram à delegacia no dia 27 de fevereiro.

Após receber a denúncia, o delegado Germano Cesar de Castro Melo abriu inquérito e pediu a prisão preventiva do padrasto. A Justiça já concedeu a prisão mas Santos ainda não foi localizado.

A menina tem outras duas irmãs gêmeas de oito anos. O Ministério Público de Goiás estuda a possibilidade de pedir exames para saber se as meninas também foram violentadas.
Sitevip Internet