Olhar Direto

Sexta-feira, 06 de dezembro de 2019

Notícias / Turismo

Colonia del Sacramento tem centro histórico na beira de rio no Uruguai

G1

06 Nov 2013 - 22:49

Com casas coloridas, ruas de pedra e uma bonita vista para o Rio da Prata, a cidade histórica de Colonia del Sacramento é um dos destinos mais visitados por turistas no Uruguai.

A facilidade de acesso tanto a partir de Montevidéu quanto de Buenos Aires ajuda: há diversos ônibus que fazem o trajeto de pouco mais de duas horas a partir da capital uruguaia, e chega-se em apenas uma hora de barco saindo da capital argentina.

Fundada em 1680 pelo português Manuel Lobo, Colonia foi passando de domínio português a domínio espanhol várias vezes até 1825. A mistura pode ser notada no centro histórico, onde convivem casas de estilo colonial português com outras construções tipicamente espanholas. Essa característica única contribuiu para o tombamento de Colonia pela Unesco, que a considera Patrimônio da Humanidade.

Uma das ruas que mais representam o legado português é a Calle de los Suspiros (Rua dos Suspiros), que ainda conserva o pavimento de pedra original e casas bem antigas. Situada perto da entrada do centro histórico, a rua está cercada por lendas relativas à origem de seu nome. Entre elas, a de que teria servido como passagem para prisioneiros que iriam ser fuzilados na beira do rio, ou a de que lá funcionavam no passado casas de prostituição.
O que fazer

A entrada no centro histórico de Colonia é por um antigo portão de armas, ladeado pelo trecho de uma muralha.
Na Plaza Mayor, uma das principais, fica um antigo farol com base quadrada e cume cilíndrico. Quem tiver disposição para subir seus 118 degraus pode ter a partir dele a melhor vista de Colonia, principalmente durante o pôr do sol.

A cidade também tem pequenos museus, como o Museu Português, o Museu Municipal e o Museu do Azulejo.

Mas o principal programa para o turistas que visita Colonia é simplesmente passear pelas ruas do centro histórico, observando as casas, os carros antigos, as lojas de artesanato, os cafés e os restaurantes.
Passeio de bicicleta

Pelo fato de ter um centro histórico colonial e de ser banhada por água, Colonia del Sacramento costuma ser comparada à brasileira Paraty. A diferença -- ou uma delas -- é que a cidade uruguaia não fica à beira-mar, mas à beira-rio.

Uma opção para curtir a vista do Rio da Prata é alugar uma bicicleta e percorrer o calçadão de sua margem (chamado de “rambla”). Só vale ficar atento porque não é permitido andar de bicicleta em algumas ruas do centro histórico, e será preciso empurrá-la por alguns trechos até chegar à beira do rio.
Após cerca de 5 km de pedalada, chega-se ao Real de San Carlos, um antigo enclave militar espanhol, e a Praça de Touros. Construída em 1910, essa última é um dos monumentos famosos da cidade, mas a entrada não é permitida devido à fragilidade do prédio.
Como o centro histórico é pequeno, um dia é suficiente para conhecer Colonia, e muitos visitantes estrangeiros optam pelo bate-volta. Mas quem preferir passar a noite encontra encontrar opções variadas de hospedagem, de albergues baratos a hotéis de luxo em casarões históricos. A estadia é recomendada para o turista que preferir curtir a cidade no ritmo local: sem pressa.
Sitevip Internet