Olhar Direto

Quinta-feira, 18 de julho de 2019

Notícias / Copa 2014

No dia da estreia na Copa, área do Beira-Rio tem alagamento e entulho

G1

15 Jun 2014 - 12:13

A poucas horas de abrir as portas para receber seu primeiro jogo da Copa do Mundo, a área do estádio Beira-Rio apresenta alagamentos e obras inacabadas. Os principais sinais de alagamento aparecem no estacionamento construído ao lado do próprio estádio, de frente para a Avenida Edvaldo Pereira Paiva. Honduras e França se enfrentam às 16h deste domingo em Porto Alegre.

O alagamento é resultado da chuva que atingiu a cidade na sexta-feira (13) e no sábado (14). Os incidentes viraram piadas nas redes sociais. Uma montagem com jet ski e um barco sobre a água no entorno do estádio é compartilhada por internautas.

Na esquina da rua A, que fica entre o estádio e o Parque Marinha do Brasil, alguns entulhos, lama e restos de obras eram encontrados. A água fica próxima ao edifício-garagem construído para a Copa do Mundo.
No mesmo terreno onde há lama e está interditado, uma parte inferior asfaltada já está recebendo carros. O espaço entre a Rua C e a nova subestação da CEEE ganhou brita. Máquinas passaram pelo local, que está pronto para ser usado.

Algumas grades de proteção do Beira-Rio também amanheceram danificadas. Entretanto, as estruturas temporárias, que foram alvo de impasse nos últimos meses, foram concluídas.

A retirada dos entulhos tornou-se um dos grandes impasses às vésperas da Copa do Mundo. Com a discussão sobre a responsabilidade de retirar o lixo, Inter, construtora Andrade Gutierrez e a prefeitura procuravam costurar um acordo para o descarte do material depositado no espaço.

A solução encontrada foi provisória. O Executivo municipal ganhou autorização para fazer compactação dos resíduos e pavimentar o terreno com pedras britas.

Os entulhos mesmo somente serão retirados após o Mundial. Segundo Sebastião Melo , o Inter necessita limpar o local para obter a licença ambiental do Beira-Rio.
Sitevip Internet