Olhar Direto

Quarta-feira, 23 de outubro de 2019

Notícias / Copa 2014

Laudo do IML não confirma estupro de turista americana

Da Redação - Arthur Santos da Silva

15 Jun 2014 - 10:30

Foto: Reprodução

Laudo do IML não confirma estupro de turista americana
A Secretaria de Segurança Pública de Mato Grosso (SESP-MT ) divulgou uma nota  sobre o caso da turista estadunidense de 24 anos que disse ter sido violentada na casa de uma pessoa que conheceu durante as comemorações após a partida da Copa do Mundo em Cuiabá. Segundo a SESP-MT, o laudo da Perícia Oficial e Identificação Técnica (Politec), realizado às 04h50 do dia 14 de junho de 2014, na cidadã de nacionalidade norte-americana, apontou que não há vestígios de conjunção carnal consumado.

Duas denúncias de estupro são registradas em Cuiabá envolvendo turistas nesta madrugada

Ainda no sábado, a vítima havia sido atendida pela Delegacia do Turista, acompanhada de representantes da embaixada americana , onde passou por exame de corpo delito no Instituto de Medicinal Legal (IML) e depois foi encaminhada ao Hospital Universitário Júlio Muller, para ser medicada.



Na delegacia, a turista norte-americana não soube apontar as características do suspeito. Ela revelou que estava dormindo em uma residência, na região do bairro Cidade Alta e acordou ao lado do namorado, também americano, e com um homem cima dela. O namorado da moça disse, de acordo com a PJC, que não viu nada e que despertou com o grito da companheira.

Em depoimento, a americana informou que estava acampada em um Camping em Várzea Grande, na Região da Ponte Sergio Motta. A Polícia Civil ofereceu abrigo em uma casa de Amparo, porém, a moça se recusou pois queria ficar hospedada junto com o namorado.

Ainda segundo a nota divulgada pela SESP-MT, as investigações do caso aguardam resultados de exames e diligências complementares, para finalizar o Inquérito Policial. Mesmo sem a conjunção carnal consumada, o episódio continuará sendo investigado e medidas em busca de justiça devem ser tomadas.

Confiara a nota completa da SESP-MT:

"A Secretaria de Estado de Segurança Pública de Mato Grosso (Sesp-MT) informa que o laudo da Perícia Oficial e Identificação Técnica (Politec), realizado às 04h50 do dia 14 de junho de 2014, na cidadã de nacionalidade norte-americana, apontou que não há vestígios de conjunção carnal consumado.

O caso é investigado pela Polícia Judiciária Civil de Mato Grosso. A vítima foi atendida pela Delegacia do Turista, na noite de sexta-feira (13), acompanhada por agentes do consulado temporário dos Estados Unidos em Cuiabá, e encaminhada para exame de corpo delito no Instituto de Medicinal Legal (IML) e depois ao Hospital Universitário Júlio Muller, em Cuiabá, para ser medicada.

As investigações do caso aguardam resultados de exames e diligências complementares, para finalizar o Inquérito olicial. 
A Embaixada Americana será comunicada do resultado do laudo.

3 comentários

AVISO: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Olhar Direto. É vedada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O site Olhar Direto poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema da matéria comentada.

  • José Bonifácio
    16 Jun 2014 às 15:02

    Droga, alcool, maconha, sexo livre e tudo mais que essa gente gosta. Daí vem dar trabalho para nossa polícia e justiça, consumindo tempo e dinheiro do erário público.

  • Paulo Emilio Astuto
    15 Jun 2014 às 15:31

    Sim, drogas é uma possibilidade. Pesadelo decorrente do medo alimentado pela imprensa internacional que desaconselhava a vinda dos torcedores para o Brasil devido aos assaltos e estupros. Histerismo é outra possibilidade plausível...

  • Roberto
    15 Jun 2014 às 11:24

    drogas?

Sitevip Internet