Olhar Direto

Notícias / Copa 2014

Seleção brasileira deve ter mudanças para encarar o Chile em jogo decisivo

R7

24 Jun 2014 - 12:55

Após duas partidas com rendimento abaixo do esperado, a seleção brasileira venceu Camarões por 4 a 1 e garantiu a classificação para as oitavas de final da Copa do Mundo como primeira colocada do Grupo A.

Mas, para torcedores e comissão técnica, o mais importante não foi o resultado, e sim a mudança de atitude do time, que convenceu. E essa diferença muito tem a ver com as alterações de Felipão no segundo tempo do jogo contra os africanos.

Na volta para o intervalo, o técnico sacou o volante Paulinho do time e promoveu a estreia de Fernandinho no Mundial. O camisa 5 respondeu bem, deu mais qualidade ao meio de campo e, de quebra, marcou o último gol brasileiro.

Sobre a substituição, em entrevista coletiva após a goleada, Felipão a classificou como essencial.

— A entrada do Fernando foi providencial. No caso de hoje a entrada dele foi muito boa. Gosto de uma frase que é a seguinte: a natureza não dá saltos. Aquilo que estamos plantando e tentando colher vem com tempo.

O mau rendimento de Paulinho no começo do torneio e o futebol mostrado por Fernandinho podem motivar o técnico a uma mudança no time titular que encara o Chile pelas oitavas de final no próximo sábado.

Questionado se poderia mexer na equipe, o técnico não descartou e disse que vai pensar no assunto.

— Não sei, não sei ainda. Vou analisar os jogosamanhã, quando tiver com essa adrenalina toda fora do corpo, sem essa emoção. Você vê de uma forma, depois observa o vídeo e pode interpretar de outra forma. Vou ver ainda e analisar o Chile, que é o nosso adversário.

No que depender da torcida que foi ao jogo contra Camarões no Mané Garrincha, a troca é mais do que bem-vinda.

A substituição de Paulinho por Fernandinho durante o intervalo foi muito aplaudida pelo público, um sinal de que a atuação do titular, que vem recebendo críticas desde o início do Mundial, não estava agradando aos que lotaram o estádio em Brasília.

Em 2002, quando foi campeão com o Brasil na Coreia e no Japão, Felipão sacou Juninho Paulista e escalou Kleberson com o torneio já em andamento. O novo titular foi essencial para a conquista verde-amarela.
Sitevip Internet