Olhar Direto

Terça-feira, 15 de outubro de 2019

Notícias / Cidades

Operação Lei Seca prende 20 motoristas que dirigiam embriagados após o jogo do Brasil

Da Redação - Wesley Santiago

29 Jun 2014 - 10:12

Foto: Reprodução/Ilustração

Operação Lei Seca prende 20 motoristas que dirigiam embriagados após o jogo do Brasil
A Polícia Militar realizou a prisão de 20 pessoas durante mais uma Operação Lei Seca, em Cuiabá. Os trabalhos foram feitos durante grande parte da madrugada deste domingo (29) na avenida Isaac Povoas. Incidência acabou sendo maior por conta do jogo da seleção brasileira pela Copa do Mundo.

Veja mais:
Grávida e duas crianças ficam feridas após colisão com S-10; latas de cerveja são achadas em picape
Jogo tenso termina no Fan Fest com público de mais de 30 mil pessoas e prisão de motorista bêbado

Com a vitória da seleção brasileira sobre o Chile, nos pênaltis, pela Copa do Mundo de 2014, os torcedores cuiabanos resolveram comemorar em bares e restaurantes da capital mato-grossense. Porém, os que estavam dirigindo e deixaram para voltar mais tarde para casa (já que a partida terminou ainda no início da tarde) acabaram sendo flagrados.

Segundo informações do Batalhão de Trânsito da Polícia Militar, a operação realizada nas primeiras horas deste domingo, foi satisfatória e 20 pessoas foram presas por embriaguez ao volante.

Foi informado também que diversas notificações foram dadas aos motoristas que haviam ingerido álcool antes de dirigir. Em dias de jogos a prática é comum por todo o país. A recomendação da Polícia Militar é que as pessoas não dirijam após beber e que prefiram sair de taxi ou com outra pessoa que não esteja bebendo.

Vale lembrar que o uso excessivo de álcool foi apontado pela Polícia Militar como o principal motivo de um acidente na estrada do moinho, em Cuiabá, no último sábado (28). Na ocasião uma picape S-10 e um veículo Santana se envolveram em uma colisão. Cinco pessoas ficaram feridas, entre elas uma grávida e duas crianças. Latas de cervejas foram encontradas na S-10, que foi apontada como a causadora do acidente.

5 comentários

AVISO: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Olhar Direto. É vedada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O site Olhar Direto poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema da matéria comentada.

  • Nelson
    29 Jun 2014 às 16:48

    Parabens pelas autoridades, comandantes e comandados que integram da força tarefa da operação Lei Seca. Gostaria que concomitantemente com essa ação, tambem envidassem esforços para fazer valer a Lei do Silêncio

  • Verdade
    29 Jun 2014 às 15:44

    Nós não temos políticos que prestem porque também não temos uma sociedade cumpridora das suas responsabilidades.

  • eleitora
    29 Jun 2014 às 15:20

    PARABENS COM CERTEZA FOI MELHOR PARA OS MOTORISTAS E PELA SEGURANÇA DELES COM CERTEZA IRAO PENSAR MELHOR ,GENTE NAO É POR NADA É PARA SUA SEGURANÇA E PARA SEUS FILHOS SUA ESPOSAS ENFIM SUAS FAMILIAS ESTAO TE AGUARDANDO SUA CHEGADA SEJAM CONSCIENTE .

  • Chileno
    29 Jun 2014 às 15:08

    Brasileiro é isso... critica os outros por fazer as coisas erradas... mas não está nem aí por fazer as coisas certas... Enfim: brasileiro não tem vergonha na cara mesmo.

  • Observador
    29 Jun 2014 às 11:20

    A repressão a esse tipo de ilícito é muito tímida, diante das MORTES causadas por condutores bêbados. Será que é muito difícil entender que quem bebe não pode dirigir um carro? Será que algum cidadão com CNH não sabe disso? Até quando o ESTADO (e a sociedade também) será complacente e conivente com isso? Por que as blitz de medição de álcool não são DIÁRIAS, já que os dados resultantes de cada operação efetuada trazem indicadores extremamente preocupantes? Por que a lei dificulta tanto a cassação da CNH de condutores bêbados? Porque os parlamentares não fazem nada quanto a isso? Esperamos as respostas dos responsáveis, e que a mesma não contenha a falácia da "educação", "orientação", "sensibilização" de condutor habilitado, que tem OBRIGAÇÃO de conhecer e cumprir as normas de trânsito.

Sitevip Internet