Olhar Direto

Notícias / Copa 2014

Alemanha mantém freguesia francesa e chega à 4ª semi seguida

Terra

04 Jul 2014 - 18:00

Alemanha está em mais uma semifinal de Copa do Mundo. Em duelo menos interessante do que a alta expectativa que girava em torno do confronto, o time germânico mostrou organização tática e consciência coletiva para despachar a França nas quartas de final do Mundial de 2014. No Maracanã (RJ), a seleção alemã contou com gol de cabeça no início do primeiro tempo para vencer por 1 a 0 os franceses e chegar à quarta semi consecutiva, que pode ser contra a Seleção Brasileira.

Os alemães ainda mantém uma tradicional freguesia: eliminam mais uma vez a seleção francesa de um Mundial. Antes, os germânicos já haviam tirado a rival europeia de um mata-mata de Copa do Mundo em 1982 e 1986 – os franceses têm uma vitória em 1958. Agora, o duelo direto está 3 a 1 para a Alemanha.

A França se despede da Copa de 2014 sem repetir o vexame de 2010 e 2002, quando saiu na primeira fase dos torneios. Contudo, a campeã do mundo de 1998 não consegue o sonho de voltar à final da competição, como em 2006, quando terminou com o vice-campeonato para a Itália.

Classificado para a quarta semifinal seguida (venceu em 2002 e perdeu em 2006 e 2010), o grupo do treinador Joachim Löw espera o adversário ser definido ainda nesta sexta-feira. A seleção alemã enfrentará o vencedor do confronto entre Brasil e Colômbia, que ocorre em Fortaleza (CE). O duelo pela fase que antecede à final ocorre na próxima terça-feira, em Belo Horizonte (MG), às 17h (de Brasília).

Gol alemão e calor diminuem velocidade do confronto

Sob um forte sol das 13h no Rio de Janeiro, o primeiro tempo deixou a desejar no aspecto técnico e ambas as equipes não forçaram tanto o adversário em busca de gols – ainda assim, o duelo rendeu bons lances. A Alemanha começou a partida com maior presença no campo de ataque adversário e tentava utilizar a referência Miroslav Klose, que entrou como titular da equipe pela primeira vez no Mundial.

O primeiro gol alemão surgiu ainda cedo, aos 12min. O meio-campista Toni Kroos cobrou falta na área e o zagueiro Hummels ganhou na dividida de Varane com o braço para cabecear para o fundo do gol adversário, sem chances para o goleiro Lloris. O gol acalmou ainda mais o jogo, já que os alemães ficaram tranquilos em campo e os franceses não conseguiram forçar em busca do empate.

Alemanha controla partida e garante classificação com poucos sustos

Ainda assim, a França só não igualou o confronto antes do intervalo graças ao goleiro alemão Neuer. Aos 33min, Valbuena foi lançado pela esquerda da área e chutou para boa defesa do arqueiro adversário – no rebote, Benzema não conseguiu concluir para o gol. Sem o companheiro Giroud e como único centroavante, o atacante do Real Madrid, inclusive, era um dos melhores da França e chegou perto do gol em chutes ao longo da etapa inicial.

A volta para os últimos 45 minutos manteve o jogo calmo, mas desta vez com a posse de bola concentrada na França. A seleção do técnico Didier Deschamps forçava jogadas pelo lado esquerdo, com o volante Matuidi, mas levava pouco perigo. O primeiro lance perigoso do segundo tempo surgiu apenas aos 24min e foi alemão. O defensor francês Sakho saiu jogando errado e a bola sobrou para Müller chutar com bastante perigo ao gol adversário.

A França passou a se soltar no fim do confronto e chegou em duas chances seguidas, aos 30min e aos 31min – no primeiro lance Benzema foi travado pela defesa adversária e no segundo Matuidi chutou para defesa de Neuer. Aos 36min, a bola quase entrou no gol alemão em bate-rebate na área. Em contra-ataque no minuto seguinte, contudo, o time germânico não matou o jogo por pouco: Schürrle, sozinho, chutou em cima de Lloris.

Os alemães ainda tiveram outra chance em contra-ataque e conseguiram levar a classificação apenas com um susto em chute de Benzema no último minuto, defendido por Neuer. Com uma atuação organizada taticamente, a seleção alemã voltou a mostrar força, apesar de não brilhar, para avançar à semi.

Sitevip Internet