Olhar Direto

Quarta-feira, 10 de agosto de 2022

Notícias | Mundo

Mãe salvou vida de filho em boate gay de Orlando

Uma mãe morreu para salvar a vida do filho durante o ataque à boate Pulse, em Orlando (EUA). Brenda McCool, de 49 anos, se pôs em frente ao filho de 29 anos quando viu o atirador Omar Mateen apontar a arma contra o rapaz. As informações são do jornal O Globo.

"Brenda viu ele apontar a arma. Ela disse ‘se abaixe!’ para Isaiah e se atirou na frente dele" disse a cunhada de Brenda, Ada Pressley, à imprensa local. "Ela morreu atingida pelos tiros. Isto era quanto ela amava seus filhos. Se não fosse por ela, ele teria sido morto."

Mãe de 11 filhos e sobrevivente de dois cânceres, Brenda costumava ir à casa noturna com o filho homossexual Isaiah Handerson. De acordo com a família, com a atitude, ela pretendia mostrar apoio ao filho. Ela havia se mudado recentemente para Orlando.

"Estou aqui deitado pensando que estava com a minha mãe há 24 horas. Isto é tão surreal", escreveu Henderson nas redes sociais. "Eu te amo, mãe". Agora, a família de Brenda iniciou campanha na internet para arrecadar dinheiro para o funeral. Em poucas horas, mais de 300 pessoas haviam doado mais de US$ 10 mil.
Entre em nosso grupo de WhatsApp e receba notícias em tempo real, clique aqui
Sitevip Internet
x