Olhar Direto

Quinta-feira, 09 de abril de 2020

Notícias / Mundo

Menina de 13 anos acusa homem de abuso durante voo: "Me senti assustada e presa"

R7.com

20 Jun 2016 - 17:35

Menina de 13 anos acusa homem de abuso durante voo:
Ele foi detido assim que avião da American Airlines aterrissou em Portland, vindo de Dallas

Acusado de abusar sexualmente de uma adolescente, durante um voo da American Airlines, Chad Cameron Camp, de 26 anos, foi preso na última quarta-feira (15) pela polícia americana e agentes do FBI, assim que o avião em que estava aterrissou em Portland. As informações foram divulgadas neste domingo (19) pela rede CNN.

A aeronave, que decolou em Dallas, estava vazia e, segundo declarações de membros da tripulação, ele fez questão de se sentar ao lado de uma menina de 13 anos, que viajava desacompanhada.

A denúncia partiu de uma aeromoça, que, durante a distribuição de lances, teria visto o homem acariciar a menina de forma suspeita em pelo menos três ocasiões. Ao notar que havia lágrima no rosto da menina, ela solicitou que o homem mudasse de lugar.

Camp foi acusado de encostar na adolescente, a cutucar e tocar o cotovelo, tendo depois colocado suas mãos no joelho e na coxa dela. O acusado se declara inocente.

O advogado da família da menina garante, porém, que foram 15 situações de abuso, que deixaram a menina fortemente abalada. Segundo o advogado da família Brent Goodfellow disse ao The Washington Post, "foram 30 minutos de terror para essa jovem". Ele ressaltou ainda que a menina nunca mais quer viajar de avião.

Ela teria revelado uma sensação de desamparo aos investigadores, ao declarar que se sentiu "assustada e presa", tendo inclusive, segundo informações, se sentado em um lugar um pouco mais afastado, ao lado da janela.

À rede NBC, a mãe também não poupou de suas queixas a companhia aérea, além, é claro, da raiva que estava sentido do acusado. O argumento da família é o de que a American Airlines foi negligente ao permitir tal abordagem, sendo que, por ela viajar desacompanhada, o preço da passagem aumentou em R$ 1.030,00.

A companhia divulgou nota oficial, em que diz levar o assunto muito a sério e estar cooperando de forma ampla nas investigações. Em outro voo da companhia, em 2015, entre Chicago e Nova York, um médico foi acusado de tocar em uma adolescente enquanto ela dormia.
Sitevip Internet