Olhar Direto

Quinta-feira, 09 de abril de 2020

Notícias / Mundo

“Velha Inglaterra” decidiu pela saída do Reino Unido da União Europeia

Agencia Brasil

24 Jun 2016 - 08:48

Regiões em azul foram favoráveis à saída do Reino Unido da União Europeia

Regiões em azul foram favoráveis à saída do Reino Unido da União Europeia

Londres e Escócia já debatem possibilidade de referendo para sair da Grã-Bretanha
O retrato demográfico dos votos no referendo para a saída do Reino Unido da UE (União Europeia) mostra claramente que a “velha Inglaterra” foi decisiva no resultado conservador do pleito.

No mapa eleitoral é possível ver que regiões como a grande Londres, a Escócia e a Irlanda do Norte foram contrárias a saída do bloco europeu.

Por este motivo, lideranças políticas destas zonas já estão cogitando organizar plebiscitos para deixar o Reino Unido e assim permanecer na União Europeia.

Outro dado importante da votação desta quinta-feira (23), é a divisão etária dos eleitores. Os jovens entre 18 e 24 anos quase 80% foram contrários à saída da UE.

Reino Unido deixa UE e se lança em poço de incertezas

Na população de 25 a 49 anos, quase 60% também votou pela permanência no bloco.

Do outro lado da tabela, pouco mais de 60% dos eleitores com mais de 65 anos optaram pela “independência” do Reino Unido.

O curioso da distinção do comportamento eleitoral entre as diferentes faixas etárias é que àqueles que foram contra a saída do bloco, os jovens, serão os que mais tempo terão de conviver com a decisão que distanciar a ilha do resto do continente.

Ao observar o comportamento eleitoral do referendo não resta dúvida quanto ao perfil do eleitor britânico favorável a saída da UE: inglês, velho, interiorano e pouco cosmopolita.
Sitevip Internet