Olhar Direto

Quarta-feira, 08 de abril de 2020

Notícias / Mundo

Petição por novo referendo supera 3 milhões de assinaturas

Terra

27 Jun 2016 - 02:01

Três  mil pessoas assinam o pedido. Signatários querem que Parlamento britânico considere realização de nova consulta sobre permanência do Reino Unido na UE. Câmara dos Comuns afirmou que petição será debatida.

Um número cada vez maior de britânicos está exigindo um novo referendo sobre a permanência do Reino Unido na União Europeia (UE). Uma petição online ao Parlamento britânico ultrapassou a marca de 3 milhões de assinaturas neste domingo (26).

A petição foi criada em maio e ganhou enorme apoio depois do resultado favorável ao Brexit. A cada minuto, cerca de 3 mil pessoas assinam o pedido. A página da Câmara dos Comuns (câmara baixa do Parlamento) chegou a cair no sábado.

O texto, proposto por um cidadão que se identificou como William Oliver Healey, pede aos deputados para introduzirem uma norma que force a convocação de um segundo referendo caso a votação pela saída ou permanência na UE esteja abaixo de 60%, com uma participação de 75%.

A Câmara dos Comuns sublinhou que a petição será debatida, assim como acontece com todas as iniciativas de cidadãos que reúnam mais de cem mil assinaturas. A comissão de petições reúne-se na próxima terça-feira, quando poderá decidir se aprova o debate sobre esse assunto.

Na quinta-feira, 51,9% dos eleitores britânicos optaram pela saída do Reino Unido da UE, contra 48,1% que preferiam ficar, numa consulta com uma participação de 72,1%.

Porém, em Londres e também na Escócia, no País de Gales e na Irlanda do Norte, a maioria da população votou a favor de permanecer na União Europeia.

O resultado precipitou o anúncio de renúncia do primeiro-ministro britânico, o conservador David Cameron, e levou os líderes da União Europeia a pedir ao Reino Unido para iniciar o processo da retirada do bloco comunitário o mais rapidamente possível.

0 comentários

AVISO: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Olhar Direto. É vedada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O site Olhar Direto poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema da matéria comentada.

Sitevip Internet