Olhar Direto

Notícias / Cidades

Idosa que vendia rifa para pagar cirurgia fará tratamento durante Caravana da Transformação

Da Redação - Patrícia Neves

12 Jul 2016 - 11:52

Idosa que vendia rifa para pagar cirurgia fará tratamento durante Caravana da Transformação
A idosa Glicerina Maria da Silva Ferreira, ou dona Célia como é conhecida pelos amigos, de 85 anos, será uma das beneficiadas durante a Caravana da Transformação, que que será realizada em Barra do Bugres (a 168 km de Cuiabá), nos dias 16 e 17 de julho, atendendo os moradores de 11 municípios da região. Sem recursos, a mulher chegou a vender rifas para que pudesse custear uma cirurgia para cataratas, mas sem sucesso.

Leia Mais:
Governador rebate críticas e diz que Caravana da Transformação será concretizada

Em novembro de 2015, a mulher sofreu uma paralisia facial que afetou sua audição, visão e movimentos do rosto. Ela precisou de tratamento de três meses para se reestabelecer, porém a doença agravou a catarata que ela já sofria. “Às vezes ainda sinto que minha boca está dormente, mas graças a Deus está tudo bem agora”.

“Achei que a perderíamos. Graças a Deus, ela se recuperou e está aí, firme e forte, mas infelizmente a visão dela ficou pior. Antes ela enxergava melhor do que eu, que uso óculos, e agora está sofrendo com a vista”, afirmou Enbelino Endino Ferreira, de 57 anos, filho de dona Célia.

De acordo com assessoria, com o agravamento da catarata, a idosa acabou se afastando de um dos seus principais hobbies, o de costurar. “Antes eu conseguia colocar a linha no buraquinho da menor agulha que tem, de primeira. Agora, não consigo direito nem nessa”, afirmou apontando para o carretel e as agulhas.
Para encontrar a cura, a idosa peregrinou por diversos médicos particulares da região e se deparou com o alto preço do procedimento. “Fica mais de R$ 4,5 mil para fazer a cirurgia em um olho só, você acredita? É muito dinheiro!”, afirmou.

Segundo o seu filho, sem conseguir muitas alternativas para realizar o tratamento, os familiares e amigos passaram a economizar, vender alguns produtos e até mesmo organizaram uma rifa para pagar a cirurgia. “Estamos rifando um smartphone. Foi a única saída que achamos para conseguir pagar o tratamento”, disse.

Porém, para a alegria de dona Célia e sua família, na próxima semana o munícipio receberá a primeira edição da Caravana da Transformação, que levará atendimento oftalmológico aos moradores de 11 munícipios da região. A expectativa é que sejam realizados mais de 5 mil consultas e 2 mil cirurgias de catarata e pterígio.
Dona Célia já sabe que para receber o atendimento oftalmológico deverá procurar o posto da Caravana da Transformação para prévio agendamento munida do cartão SUS e do documento pessoal, documentação que também deve ser levada no dia da consulta e no momento da cirurgia. “Vai ser bom tirar essa nuvem dos meus olhos”, comemora.

Áreas de atuação

Além dos atendimentos oftalmológicos, a Caravana da Transformação fará orientação sobre Hanseníase, doença com alto índice de incidência no estado. Os moradores também poderão fazer o cadastro e confecção do Cartão SUS, 2ª via de certidões (nascimento, casamento, óbito), Carteira de Trabalho, Carteira de Pescador Amador, CPF, CadÚnico, Carteira de Identidade, foto 3x4, declaração de hipossuficiência, serviço de referência e contrarreferência para a rede de proteção social, inscrição em cursos de capacitação, intermediação de mão de obra e embelezamento.

Serão oferecidas oficinas de Postura no Mercado de Trabalho, Sensibilização para o Trabalho, orientação aos pais (conflitos familiares), programa de economia criativa, políticas culturais – mapas culturais, sistema estadual de cultura e marco regulatório das organizações da sociedade civil, primeiros socorros e atendimento a acidente doméstico, resistência ao uso de drogas e prevenção ao uso de drogas lícitas e ilícitas.

A Caravana da Transformação ainda realizará serviços complementares de educação para o consumo, processos de segurança, boletim de ocorrência, assistência rural, proteção social, emissão de declaração de hipossuficiência, orientação jurídica, oferta de crédito, fotocópias e plastificação de documentos.

 

1 comentário

AVISO: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Olhar Direto. É vedada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O site Olhar Direto poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema da matéria comentada.

  • Jair
    12 Jul 2016 às 12:43

    Politica fora de epoca que vergonha brasil

Sitevip Internet