Olhar Direto

Domingo, 15 de setembro de 2019

Notícias / Cidades

VLT começará a funcionar parcialmente no trecho entre aeroporto-porto e modal terá catraca

Da Redação - Wesley Santiago

02 Dez 2016 - 10:18

Foto: Rogério Florentino Pereira/Olhar Direto

VLT começará a funcionar parcialmente no trecho entre aeroporto-porto e modal terá catraca
O Veículo Leve sobre Trilhos (VLT) deve começar a funcionar por etapas. O novo secretário de Cidades (Secid), Wilson Santos (PSDB), afirmou, nesta quinta-feira (01), que o trecho entre o Aeroporto Internacional Marechal Rondon, localizado em Várzea Grande e o bairro do Porto, em Cuiabá, será o primeiro a ser inaugurado e colocado em funcionamento. Além disto, as cobranças serão feitas através de catracas, ao contrário do que acontece no modal do Rio de Janeiro (RJ).

Leia mais:
Wilson revela que fica à frente da Secid só até março de 2018: “Vou me candidatar a reeleição”
 
“No Rio de Janeiro, a pessoa entra no VLT e valida o bilhete se quiser. Se não pagar e um fiscal ver, você recebe uma multa de R$ 170. Hoje lá eles têm uma porcentagem de 20% dos passageiros que entram e não validam o ticket. Vamos trabalhar com catraca aqui em Cuiabá”, disse o secretário.
 
O engenheiro civil José Picolli Neto, que foi diretor de implantação do VLT no Rio de Janeiro e está na equipe de Wilson Santos, disse que “o modal tem uma obra complexa. No Rio de Janeiro, os passageiros entram com a validação dentro do modal. Aqui, será feito na catraca, antes dele entrar”.
 
Sobre operar o trecho aeroporto-porto, o engenheiro acredita ser possível: “O VLT pode ser utilizado parcialmente. No Rio de Janeiro nós lançamos por partes, para que o pessoal possa ir se acostumando com o modal e saber como utilizá-lo. Aqui será feito da mesma forma. O que deve entrar em operação primeiro é o trecho entre o aeroporto e o porto. Esta é a nossa intenção”.
 
Wilson Santos lembrou que o relatório da KPMG apontou que toda a linha Aeroporto-CPA é deficitária. A linha superavitária e que ‘carregará o VLT nos ombros’, será a da avenida Fernando Corrêa da Costa. Porém, mesmo quando as duas se encontrarem “teremos um déficit anual de R$ 38 milhões (números referentes a 2015) que o Estado terá de bancar. O VLT é deficitário financeiramente”.
 
Mudança no Terminal André Maggi
 
Com o lançamento do trecho aeroporto-porto, o terminal André Maggi mudará de lugar e será realocado para próximo do aeródromo, onde também fica o Centro de Manutenções do VLT. “Faremos uma Parceria Público-Privada (PPP) que irá operar o novo modal. A tarifa terá que ser a mesma do ônibus. Por isso que nós faremos igual no Rio de Janeiro”.
 
“Um quarto tem que ser entregue aos empresários dos ônibus para que não haja uma rixa. Por exemplo, a empresa que faz o intermunicipal, nós vamos deslocar o terminal André Maggi para perto do Aeroporto. Os ônibus irão alimentar ali, então o intermunicipal vai perder esta linha. Eles têm que ser sócios deste projeto”, finaliza o secretário. A tarifa, segundo o gestor, será integrada com ônibus.

O Consórcio VLT, formado pelas empresas Santa Bárbara, CR Almeida, CAF Brasil Indústria e Comércio, Magna Engenharia Ltda e Astep Engenharia Ltda, já recebeu mais de R$ 1 bilhão do Executivo. A empresa pede que sejam investidos mais R$ 1,1 bilhão, o que deixaria o projeto com um custo total de R$ 2,2 bilhões.
 
Porém, após os estudos da KPMG, o governador Pedro Taques (PSDB) ressaltou que o custo seria de ‘apenas’ R$ 602 milhões e que não aceitará pagar mais que isto. Por fim, o tucano ainda elencou outras prioridades à frente da finalização do projeto, chegando inclusive a dizer que se tivesse o dinheiro disponível, não aplicaria na retomada dos serviços.
 
Projeto
 
O modal terá dois eixos, Aeroporto-CPA e Centro-Coxipó, e será implantado no canteiro central das avenidas João Ponce de Arruda e FEB, em Várzea Grande; XV de Novembro, Tenente Coronel Duarte (Prainha), Historiador Rubens de Mendonça, Coronel Escolástico e Fernando Corrêa da Costa, em Cuiabá, totalizando 22 km de extensão.

24 comentários

AVISO: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Olhar Direto. É vedada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O site Olhar Direto poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema da matéria comentada.

  • bento Francisco
    22 Dez 2016 às 17:29

    esse trecho esta praticamente pronto só falta a ligação elétricas, vão inaugurar o que tá quase pronto??

  • Walison
    04 Dez 2016 às 22:04

    Engraçado que o estado esta entupido de dividas e mais dividas e o vlt nao fara diferença alguma funcionando parcialmente, por que nao deixa esse VLT de lado e investe em pontos critico como saude educaçao e segurança, na minha opniao o wilson santos que mostrar que esta fazendo alguma coisa e deixar o nome registrado como quem fez o VLT sair do papel!!!! Lamentavel

  • Nhara
    04 Dez 2016 às 18:49

    Meu Deus .....quanto Rowles !!! E a propina de 80 milhões que os bonitos receberam em 2011 ninguém falou mais nada sobre isso

  • gelzimar bezerra da silva
    04 Dez 2016 às 10:01

    sabe o que vai acontecer o Pedro taques vai falar que não queria ter gastado o dinheiro no vlt e por isso que não vai ter como pagar o salários dos funcionários públicos . resumindo todos os políticos com o bolso cheio e o estado sem dinheiro e a população que se danem até a próxima eleição

  • josé
    03 Dez 2016 às 17:27

    Gostaria muito que o governador viesse aqui em Várzea Grande e pegasse um ônibus para trabalhar em Cuiabá de preferência das 6:00 às 08:30. Pelos menos uma semana.

  • Luiz Otavio
    03 Dez 2016 às 15:24

    quem vai ganhar $ com isso? o VLT nao saiu ainda porque tinha muito abutre em volta

  • januario
    02 Dez 2016 às 17:23

    Eu moro no capim. Entao se eu quiser ir pra Santo Antonio eu pego o VLT no aeroporto, desço na alameda pego uma canoa e em 4 h estou em Leverger tomando uma bem gelada. Rapaz que facilidade moço. Bom demasssss.

  • Julio
    02 Dez 2016 às 17:20

    Kkkkkkkkkkkkkkkkk. CUIABA É ATRASADA MESMO.....LCATRACA??????? KKKKKKKKKK. PRA CABA

  • FERNANDO
    02 Dez 2016 às 16:41

    SABE CARRINHO DE ROLEMÃ? ENTÃO...É SÓ EMPURRAR O TRENZINHO NA LADEIRA QUE ELE CHEGA NO PORTO....VOLTAR É OUTROS QUINHENTOS...HEHEHE...PALHAÇADA

  • Ralf
    02 Dez 2016 às 16:35

    Como o brasileiro reclama. Se o governo põe o VLT pra rodar mesmo que um pequeno trecho reclama. Se não coloca reclamam. Eita povinho que gosta de reclamar de tudo hein.

Sitevip Internet