Olhar Direto

Notícias / Política MT

Confiante, Wilson Santos estima que obra do VLT deve ser retomada até abril

Da Redação - Wesley Santiago

29 Dez 2016 - 12:10

Foto: Rogério Florentino Pereira/Olhar Direto

Confiante, Wilson Santos estima que obra do VLT deve ser retomada até abril
O secretário de Cidades (Secid), Wilson Santos (PSDB), está confiante em relação ao futuro do Veículo Leve sobre Trilhos (VLT). A estimativa do tucano é que a obra do novo modal seja retomada até abril do ano que vem. As duas partes chegaram a um acordo na questão de valores, mas ainda aguardam a homologação na Justiça, que deve acontecer nos próximos dias.

Leia mais:
Acordo entre governo e consórcio sobre o VLT pode sair nas próximas horas: “Estamos muito perto”
 
“Temos quatro ações na Justiça, destas, só uma que consideramos superada. Esta é a frente mais importante que temos. Estivemos reunidos com o presidente da CR Almeida, Marco Antônio Cassoue e também da CAF Brasil, Renato Meireles, na última sexta-feira (23). Nós chegamos a um denominador comum e já temos um acordo, que precisa ser homologado na Justiça”, disse o secretário em entrevista exclusiva ao Olhar Direto.
 
Wilson explica que o valor acordado entre as partes ainda não pode ser divulgado: “Eles serão submetidos ao Ministério Público e também ao Tribunal de Contas do Estado (TCE), por isso ainda não divulgamos. Isso porque pode ter alguma diferença, em relação aos valores. O governador Pedro Taques (PSDB) já avisou que não vai pagar um real, enquanto não houver uma homologação do acordo e o reconhecimento dele pela Justiça”.
 
O secretário comenta ainda que foram realizadas de 10 a 12 reuniões desde que assumiu, em conjunto com a Procuradoria Geral do Estado (PGE), Controladoria Geral do Estado (CGE), assessoria jurídica do governador e Secretaria de Planejamento (Seplan). O Consórcio VLT também participou de várias delas: “Foram muitas horas de conversa, passamos por momentos difíceis, mas prevaleceu o bom senso”.
 
VLT
 
A obra do modal de transporte está paralisada desde o final de 2014 e, devido à divergência entre os valores solicitados pelo consórcio para concluir o VLT e o valor que a atual gestão está disposta a pagar, o governador judicializaou a questão.
 
O governo passado já pagou R$ 1,066 bilhão ao consórcio VLT Cuiabá, do total de R$ 1,477 bilhão pelo qual a obra foi contratada. Com base no relatório da consultoria KPMG, o governo estadual ofereceu ao consórcio R$ 191 milhões a mais que o contrato assinado em 2012, que foi de R$ 1,477 bilhão. Ou seja, no total, o VLT sairia por R$ 1,668 bilhão. Para concluir a obra, o consórcio havia solicitado o total de R$ 2,2 bilhões.
 
Entre os valores cobrados pelo consórcio construtor, R$ 423 milhões são referentes ao reajuste e reequilíbrio financeiro e R$ 446 milhões de saldo (corrigido pelo Índice Nacional de Custo da Construção – INCC). No entanto, de acordo com assessoria do Governo de Mato Grosso,  o estudo da KPMG aponta que o valor do reajuste e reequilíbrio financeiro é de R$ 176 milhões e o saldo é de R$ 426 milhões, já com a devida correção.
 
Projeto
 
O modal terá dois eixos, Aeroporto-CPA e Centro-Coxipó, e será implantado no canteiro central das avenidas João Ponce de Arruda e FEB, em Várzea Grande; XV de Novembro, Tenente Coronel Duarte (Prainha), Historiador Rubens de Mendonça, Coronel Escolástico e Fernando Corrêa da Costa, em Cuiabá, totalizando 22 km de extensão.

15 comentários

AVISO: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Olhar Direto. É vedada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O site Olhar Direto poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema da matéria comentada.

  • Ade
    29 Dez 2016 às 21:15

    Espera um pouco ai.., na outra reportagem o sr WS disse que o vlt seria o mais barato do Brasil. Se no rio custou 53 milhões o km, e o nosso só tem 22km pra que discutir valor, a obra já foi paga. Ou o sr é burro ou não sabe fazer uma simples conta de multiplicar, ou pensa que o povo é burro. Queria entender essa conta.

  • Laura
    29 Dez 2016 às 18:25

    Não pesquisaram se o povo quer Vlt do aeroporto até o porto. Para que gastar com uma coisa dessa, sem necessidade. Preferimos hospitais e escolas, nessa ordem...

  • Wilson
    29 Dez 2016 às 17:22

    Sr Pedro taques Pague o salário dos servidores no dia correto Termine o pronto socorro municipal Venda esta porcarias de vagões E com o dinheiro termine as upas que estão a macha lenta O comércio não suportará esta porcaria de obra Que só serviu para ladroes E para quebrar muitas empresas

  • Cético
    29 Dez 2016 às 16:14

    Quando afirma, já não cumprem.... Imaginem quando estima......

  • Madeirador
    29 Dez 2016 às 16:07

    GOVERNADOR...FAÇA UM NEGOCIO QUE PRESTE...ESQUEÇA ESSA OBRA..JA FOI..JA PERDEU..PAGUE O CONSORCIO SO PRA TIRAR AKELE TRILHO QUE FOI COLOCADO..PRA VOLTAR AO QUE ERA ANTES AS AVENIDAS...O POVO NAO NAO QUER MAIS VLT...SE O SENHOR FIZER VAI FICAR DO MESMO JEITO E POIS VAI TERMINAR O SEU MANDATO E NAO VAI ESTAR PRONTO..E O POVO JA ESTA ENJUADO DESSA NOVELA....

  • JORGE LUIZ
    29 Dez 2016 às 15:32

    Vetado por conter expressões ofensivas e/ou impróprias, denúncias sem provas e/ou de cunho pessoal ou por atingir a imagem de terceiros. Queira por favor refazer seu comentário e reenviá-lo.

  • Gabriel
    29 Dez 2016 às 14:17

    Kkkkkkkkk PROBEM DELE TEM DE SER LOGO. CREDOR NAO ESPERA

  • MARGARETE BATISTUSSI
    29 Dez 2016 às 13:44

    Vetado por conter expressões ofensivas e/ou impróprias, denúncias sem provas e/ou de cunho pessoal ou por atingir a imagem de terceiros. Queira por favor refazer seu comentário e reenviá-lo.

  • jose
    29 Dez 2016 às 13:40

    Chupa essa PMDB...

  • Gilson
    29 Dez 2016 às 13:28

    Vlt do aeroporto até o porto,uma coisa de megalomaníacos,pois o estado já está endividado e mais obra ,agora sem sentido e cara,e o Wilson rodoanel Santos só nos botando no bolso.

Sitevip Internet