Olhar Direto

Sábado, 19 de setembro de 2020

Notícias / Cidades

“Estrada da Guia é extremamente perigosa e contribui em estatísticas negativas”, aponta delegado

Da Redação - Wesley Santiago

16 Mai 2017 - 08:28

Foto: Divulgação

No último dia 6 de maio, tragédia na Guia deixou cinco mortos. Uma das vítimas tinha dois anos

No último dia 6 de maio, tragédia na Guia deixou cinco mortos. Uma das vítimas tinha dois anos

O delegado titular da Delegacia Especializada em Delitos de Trânsito (Deletran), Christian Cabral, apontou que a Estrada da Guia (MT-010) é extremamente perigosa e contribui nas estatísticas negativas de trânsito. Em entrevista exclusiva ao Olhar Direto, nesta segunda-feira (15), ele ressaltou que a embriaguez ao volante e imprudência são os principais fatores que levam ao elevado número de óbitos. Só neste mês de maio, foram 11 mortes em decorrência de acidentes.

Leia mais:
Motociclista cai de veículo, bate a cabeça em bloco de concreto e morre
 
“É um número extremamente elevado. No mesmo período, Várzea Grande, que tem praticamente a mesma frota, teve um óbito. A violência no trânsito de Cuiabá neste mês está fugindo de controle. Temos que analisar o por que de isto estar acontecendo. Nos últimos anos, o aparato repreensivo tem crescido muito. Tivemos a reativação da Deletran, Batalhão de Trânsito da Polícia Militar, Secretaria de Mobilidade Urbana (Semob) muito bem aparelhada. Todos estes órgãos trabalham em conjunto”, disse o delegado.
 
Mesmo com os investimentos, o delegado ainda comenta que “não tivemos o mesmo investimento na questão de educação e análise estatística. É através desta última que vamos identificar os pontos que precisam de maior atenção do poder público para que se coíbam os acidentes”, explicou.
 
“Este mês, o maior ‘vilão’ do número de mortes em Cuiabá é a Estrada da Guia. A partir desta análise, falo isso porque trabalho na área e tenho conhecimento, mas o poder público como um todo não tem conhecimento porque não temos uma análise estatística confiável para poder ser trabalhada e gerar a partir dela ações públicas para coibir estes números”, disse o delegado.
 
A rodovia é vista como problemática pelo delegado: “A estrada da guia hoje é uma rodovia extremamente perigosa, que impacta muito profundamente nas estatísticas negativas de trânsito. Através de trabalhos, vamos debater para saber o que precisa ser feito. Precisa de radar, obra de engenharia, operações de combate a embriaguez ou sinalização viária? Tudo tem de ser estudado”.
 
Os acidentes na rodovia estadual geralmente acontecem no fim da tarde e em períodos prolongados de descanso: “Na estrada da guia, temos observado que os acidentes têm acontecido nos fins de semana e volta de feriadão. A grande maioria no período da tarde, fim do dia. É aquele condutor que está trafegando a lazer e após uma festividade. É um problema bem focado e fácil de resolver, que acontecem em dias e horários específicos”, finaliza.

Mortes

Um acidente envolvendo três veiculos deixou cinco mortos no final da tarde do dia 06 de maio, no km 14 da rodovia MT-010, que liga a Capital ao distrito de Nossa Senhora da Guia. Ao Olhar Direto o Corpo de Bombeiros informou que os óbitos correspondem a um casal e uma criança, que estavam em um Uno, de cor vermelha, e a duas mulheres passageiras de um Toyota modelo Etios. 

O terceiro carro envolvido, modelo Grand Siena, transportava duas pessoas, que não sofreram ferimentos e passam bem. Além das vítimas fatais, dois homens e uma criança que estavam no Etios foram socorridos pelo Serviço de Atendimento Movel de Urgência (Samu) e encaminhados ao Pronto Socorro Municipal de Cuiaba (PSMC). 

Comentários no Facebook

Sitevip Internet