Olhar Direto

Notícias / Ciência & Saúde

Testes rápidos para Zika vírus são ofertados gratuitamente em Cuiabá

Da Redação - Fabiana Mendes

24 Jan 2018 - 08:30

Foto: Prefeitura de Cuiabá

Testes rápidos para Zika vírus são ofertados gratuitamente em Cuiabá
A Secretaria Municipal de Saúde (SMS) passou a ofertar na segunda-feira (22) o teste rápido para detecção do Zika Vírus, em Cuiabá. Os exames serão realizados  exclusivamente no Laboratório Central de Cuiabá (LACEC) e, conforme a Responsável Técnica da unidade, Gian Carla Zanela só serão feitos sob indicação médica. Foram disponibilizados 7,5 mil testes e o paciente saberá se está ou já foi infectado em até 1 hora. 

Leia Mais: 
Mulher é diagnosticada com vírus da zika

Conforme a assessoria, os pacientes que perceberem os primeiros indícios para Zika, devem procurar a unidade de saúde mais próxima para avaliação do médico e posterior encaminhamento para a realização do exame no Lacec, no dia adequado.

Desde 2015, conforme preconizado pelo Ministério da Saúde (MS), apenas as gestantes e os recém-nascidos faziam o teste. No entanto,  a  Prefeitura solicitou ao MS a doação de 7,5 mil testes rápidos para ampliar o serviço à capital e tambem aos demais munícipios.
 
Em 2017, foram notificados 1.446 casos de Zika. Destes 1.211 foram confirmados e 257 foram em gestantes. Frente aos dados, a Secretária de Saúde de Cuiabá, Elizeth Araújo ressaltou que o quantitativo será o suficiente para amparar os cuiabanos durante todo o ano de 2018.

“O IGM e o IGG que são anticorpos que confirmam a presença do vírus, só passam a ser produzidos após o sexto dia de sintomatologia. Por isso, se o paciente fizer o teste dentro desse período, conseguiremos identificar  a doença e se a pessoa já teve contato com o Zika também em outro momento da vida. Não respeitando esse período,  o exame poderá resultar em um falso negativo”, explicou a gerente de Vigilância de Doenças e  Agravos Transmissíveis, Flávia Guimarães.

O desenvolvimento do teste rápido contra o Zika é fruto da parceria entre o Governo da Bahia e a empresa sul-coreana Genbody Inc., que firmaram um acordo de transferência de tecnologia para a Bahiafarma.

0 comentários

AVISO: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Olhar Direto. É vedada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O site Olhar Direto poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema da matéria comentada.

Sitevip Internet