Olhar Direto

Domingo, 25 de outubro de 2020

Notícias / Política MT

Selma Arruda denuncia “armação eleitoral” e anuncia queixa-crime por extorsão contra publicitário

Da Redação - Vitória Lopes

29 Set 2018 - 14:29

Foto: Rogério Florentino/Olhar Direto

Selma Arruda denuncia “armação eleitoral” e anuncia queixa-crime por extorsão contra publicitário
A juíza aposentada Selma Arruda (PSL), candidata ao Senado, acusou seus adversários Nilson Leitão (PSDB) e Sebastião Carlos (REDE) de terem “armado” para que o publicitário Júnior Brasa, dono da Genius Produções Cinematográficas, entrasse na Justiça para receber R$ 1,2 milhão referentes a rescisão contratual, após ela romper com o mesmo.

Leia mais:
Pivetta aponta desorganização fiscal e cobra mais transparência em MT


Selma afirma que soube de um encontro na sede da agência entre o publicitário, o marqueteiro e o advogado de Nilson Leitão, com a presença do advogado da coligação “Segue em frente Mato Grosso”, José Rosa. Selma Arruda anunciou, no final do mês de agosto, o desligamento da coligação ‘Segue em Frente Mato Grosso’, encabeçada pelo governador Pedro Taques (PSDB).

“Eu não acreditei que o publicitário iria cumprir a chantagem, até porque imaginei que nossa divergência era apenas de valores, mas não imaginava que ele iria se prestar a participar de um jogo sujo desses, senão já teria tomado as medidas criminais cabíveis”, acusou Selma Arruda.

Conforme o publicitário Júnior Brasa, dono da Genius, sua empresa foi contratada para fazer a campanha de Selma. Entretanto, a juíza decidiu romper o contrato no dia 5 de setembro, sem justificativas. O publicitário então entrou com uma ação contra a juíza aposentada, por causa de pagamentos não feitos após a rescisão. Os valores devidos chegam a R$ 1,2 milhão.

Após determinar aos seus advogados para ingressar ainda neste sábado com uma queixa por crime de chantagem e extorsão, Selma revela que irá apresentar provas de vazamento de informações confidenciais, como gravações de vídeos aos seus adversários eleitorais, especialmente do PSDB.

Comentários no Facebook

Sitevip Internet