Olhar Direto

Segunda-feira, 28 de setembro de 2020

Notícias / Política MT

Mauro escolhe primeiro nome para secretaria e promete demais definições até dezembro

Da Redação - Érika Oliveira

16 Out 2018 - 17:05

Foto: Rogerio Florentino/Olhar Direto

Mauro escolhe primeiro nome para secretaria e promete demais definições até dezembro
O governador eleito Mauro Mendes (DEM) já formalizou o convite a primeira pessoa que deve integrar seu staff a partir de janeiro de 2019. Com experiência voltada à coordenação de projetos sociais em Cuiabá, a futura primeira-dama do Estado, Virginia Mendes, é cotada para assumir a Secretaria de Trabalho e Assistência Social (Setas). Conforme o democrata, os demais secretários serão definidos até o fim da primeira quinzena de dezembro.

Leia mais:
Favorável à taxação, Jayme Campos diz que agronegócio criou "apartheid" em Mato Grosso

“Ela é a única pessoa que ate agora recebeu formalmente um convite para ser secretária de Assistência Social. Mas por enquanto não me deu ainda a resposta”, revelou Mauro Mendes, em entrevista ao Olhar Direto, na tarde desta terça-feira (16).

A Secretaria de Assistência Social historicamente é ocupada por primeiras-damas. Nos Governos de Blairo Maggi (PP) e Silval Barbosa a tradição se manteve. O hábito foi quebrado por Pedro Taques (PSDB), que nomeou inicialmente o servidor Valdiney Arruda, posteriormente o deputado estadual Max Russi (PSB) e, por fim, a assistente social e servidora da pasta Mônica Camolezi, que permanece no comando da Setas.



Quando prefeito de Cuiabá, Mauro Mendes chegou a convidar sua esposa para assumir a Secretaria de Assistência Social do município. À época, no entanto, Virginia preferiu conduzir projetos como o Siminina. Ela não ocupou nenhum outro cargo na gestão do marido.

Com viagens marcadas para esta semana, Mendes afirmou que no próximo mês planeja apresentar um relatório aprofundado sobre os cortes que pretende fazer no Governo, tema que foi pauta central de seus discursos durante a campanha.

A definição sobre o secretariado, que já movimenta forte especulação nos bastidores, ficará para o final do ano. Questionado sobre a possibilidade de seus coordenadores de campanha, Cidinho Santos (PR) e Fábio Garcia (DEM), assumirem alguma Pasta conforme vem sendo ventilado, Mauro foi enfático: “mera especulação, nenhum deles saiu da minha boca”.

“Tem muitos bons nomes ao nosso redor, de pessoas competentes, compromissadas e com serviços prestados. São tantos que daria para montar dois Governos em Mato Grosso. Mas, lamentavelmente, não podemos ampliar o numero de Secretarias só para contemplar pessoas boas que estejam ao nosso lado. Nós vamos montar um Estado mínimo e necessário. Todos esses nomes serão colocados à disposição. Vamos fazer muitas conversas para montar o melhor time possível. O secretariado a definição deve acontecer na primeira quinzena de dezembro. Até lá é estudo, planejamento, analise de perfil, de currículo e as definições saem em dezembro”, finalizou.

Comentários no Facebook

Sitevip Internet