Olhar Direto

Quinta-feira, 18 de abril de 2019

Notícias / Política MT

Maluf confirma disputa por vaga no TCE e vê oportunidade de trabalho harmônico entre AL e Tribunal

Da Redação - Wesley Santiago

05 Fev 2019 - 09:40

Foto: Rogério Florentino/Olhar Direto

Maluf confirma disputa por vaga no TCE e vê oportunidade de trabalho harmônico entre AL e Tribunal
O deputado estadual Guilherme Maluf (PSDB) confirmou que está na disputa pela vaga de conselheiro do Tribunal de Contas do Estado (TCE). A Assembleia Legislativa de Mato Grosso (ALMT) terá o poder de indicar um nome para o órgão, após o Supremo Tribunal Federal (STF) ‘descongelar’ a vaga que pertencia a Humberto Bosaipo. Segundo o tucano, esta é uma oportunidade de trabalho harmônico entre a Casa de Leis e o Tribunal.

Leia mais:
STF libera vaga de Humberto Bosaipo no TCE para escolha da Assembleia Legislativa
 
“Realmente é algo que tenho interesse. Ontem (04) tivemos o conhecimento de que houve a liberação da vaga e começará um rito que não é muito simples. Não basta uma indicação, tem que ter um consenso, uma construção de um projeto. Todos têm direito, desde que se enquadre nos quesitos previstos no regimento. Tem que ter experiência com gestão, uma série de quesitos”, disse o deputado em entrevista ao Olhar Direto.
 
Maluf acrescenta que terá de construir seu nome. “Esta vaga é comprovadamente da Assembleia Legislativa, já foi feita uma discussão. Agora, o presidente Eduardo Botelho (DEM) estipulará o calendário e receberá os candidatos. Vou colocar o meu nome à disposição, já tenho quatro mandatos. Mas lembro que a votação tem que ser construída”.
 
“O sindicato do Tribunal de Contas estará na Assembleia Legislativa nesta terça-feira (05), porque estão atentos a todas articulações. O pedido deles é para que haja transparência, querem acompanhar e saber o que cada candidato pensa. Acredito que é um bom momento da AL de fazer um trabalho harmônico com o Tribunal. Tem que ser indicado alguém que possa somar com o órgão”, finalizou o deputado.
 
Descongelamento
 
Após pouco mais de três anos de espera, a Assembleia Legislativa finalmente poderá escolher conselheiro que ocupará a vaga aberta com a saída de Humberto Bosaipo do órgão colegiado em 2014. O ministro do Supremo Tribunal Federal Edson Fachin revogou no último dia 31 medida cautelar que impedia nova indicação e, consequentemente, posse de alguém para a vaga.
 
O impedimento para a escolha se arrastava desde dezembro de 2014, quando o ministro Ricardo Lewandowski acatou Ação Direta de Inconstitucionalidade (ADI) proposta pela Associação Nacional dos Auditores dos Tribunals de Contas do Brasil (Audicon). Na ocasião, a AL articulava para indicar ao cargo Janete Riva, esposa do ex-deputado José Riva e candidate derrotada ao Governo do Estado pelo PSD naquele mesmo ano. O então governador Silval Barbosa também se movimentava nos bastidores de olho na cadeira.
 
Na decisão de 31 de janeiro, Fachin entendeu que a ação da Audicon perdeu o objeto e por isso a cautelar de Fux foi revogada. O ministro, na verdade, acatou petição da própria Audicon, que em 2017 requereu a extinção da ADI sob argumento de perda do objeto.
 
A vaga foi aberta após a renúncia de Humberto Bosaipo no início de dezembro de 2014. Na ocasiaão, o colégio de líderes da Assembleia Legislativa de Mato Grosso já havia até marcado sabatina de Janete para selar sua indicação a vaga no TCE. Uma série de protestos  contrários ao nome sugerido ocorreram com apoio da Ordem Nacional dos Advogados - seccional Mato Grosso (OAB/MT) e Associação Nacional dos Auditores do Tribunal de Contas do Brasil e Associação dos Técnicos de Controle Público Externo e Associação dos Auditores Públicos do Tribunal de Contas do Estado (AUDIPE).
 
Na legislatura passada, a Assembleia Legislativa aprovou Proposta de Emenda Constitucional (PEC) 001/2015 para  destravar a abertura da vaga para um novo conselheiro. O texto alterava o artigo da Constituição Estadual, de número 61, que estipulava um tempo mínimo de 10 anos para que auditores e membros do Ministério Público pudessem ser nomeados conselheiros.
 
Já nessa época, com a Assembleia reconfigurada, manifestavam interesse em disputar a vaga os deputados José Domingos Fraga (PSD), Guilherme Maluf (PSDB) e Sebastião Rezende (PSC). Atualmente, só Fraga não está mais no parlamento e Maluf é visto como favorito.

17 comentários

AVISO: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Olhar Direto. É vedada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O site Olhar Direto poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema da matéria comentada.

  • PROIBIDO
    06 Fev 2019 às 11:13

    Esse Deputado não pode ser Conselheiro, Deve à Justiça. Até seus Parentes o CONDENA...

  • joaoderondonopolis
    05 Fev 2019 às 15:55

    Esta vaga no TCE tem que ser do promotor Dr. Mario Zaque.

  • Sergio
    05 Fev 2019 às 15:55

    Vetado por conter expressões ofensivas e/ou impróprias, denúncias sem provas e/ou de cunho pessoal ou por atingir a imagem de terceiros. Queira por favor refazer seu comentário e reenviá-lo.

  • Davi
    05 Fev 2019 às 14:33

    Vetado por conter expressões ofensivas e/ou impróprias, denúncias sem provas e/ou de cunho pessoal ou por atingir a imagem de terceiros. Queira por favor refazer seu comentário e reenviá-lo.

  • Célia 147
    05 Fev 2019 às 14:06

    Vetado por conter expressões ofensivas e/ou impróprias, denúncias sem provas e/ou de cunho pessoal ou por atingir a imagem de terceiros. Queira por favor refazer seu comentário e reenviá-lo.

  • Julio Silimbú.
    05 Fev 2019 às 13:29

    Se voce entrar lá, definitivamente voce tá com a vida feita. ou - uns 45,000 reias por mês.Fora outras vantagens. Sem contar que em pouco tempo, esta aposentado,e o salário...!! É pro resto da vida MANO. É VITALICIO!!! Torço por ti.

  • Juca
    05 Fev 2019 às 12:57

    Mais uma prova que só pensam neles!

  • Irineu Morais
    05 Fev 2019 às 12:51

    Ai é pra acabar mesmo em , por isto que a moral destes órgãos cada dia vai de mau a pior , tem que ser conselheiro sem vinculo político, alguem técnico com formação específica para atuar na área.

  • DESEMPREGADO
    05 Fev 2019 às 11:23

    Vetado por conter expressões ofensivas e/ou impróprias, denúncias sem provas e/ou de cunho pessoal ou por atingir a imagem de terceiros. Queira por favor refazer seu comentário e reenviá-lo.

  • AVANÇA LOGO MT
    05 Fev 2019 às 11:22

    Vetado por conter expressões ofensivas e/ou impróprias, denúncias sem provas e/ou de cunho pessoal ou por atingir a imagem de terceiros. Queira por favor refazer seu comentário e reenviá-lo.

Sitevip Internet