Olhar Direto

Quinta-feira, 18 de abril de 2019

Notícias / Cidades

Câmeras leitoras de placas ajudam a localizar mais de 5 mil veículos roubados ou furtados

Da Redação - Thaís Fávaro

11 Fev 2019 - 10:03

Foto: Rogério Florentino/ Olhar Direto

Câmeras leitoras de placas ajudam a localizar mais de 5 mil veículos roubados ou furtados
As câmeras de videomonitoramento OCR (Optical Character Recognition), que possuem tecnologia de leitura ótica das placas veiculares, têm auxiliado e muito para a recuperação de veículos alvos de roubo e furto. Após diversas polêmicas sobre o uso dos aparelhos OCR nas blitzes, eles desapareceram das ruas de Cuiabá. Agora estão sendo empregados nos trabalhos diários das policias Civil e Militar, segundo a Secretaria de Segurança Pública (Sesp).

As ações integradas de segurança pública já resultaram na localização de 5.187 veículos furtados e roubados em todo o Estado e demais regiões do país. Em Cuiabá, Várzea Grande e região da fronteira são 22 câmeras instaladas em pontos estratégicos.
 
Leia mais
Blitz com sistema leitor de placas ‘desaparece’ após ação em região nobre; governo ainda paga aluguel
  
Quando um veículo que foi roubado ou furtado passa por algum ponto de monitoramento com sistema OCR, um aviso é emitido no Centro Integrado de Operações de Segurança Pública (Ciosp). Após isso, os operadores das câmeras solicitam ação policial no local citado. As câmeras captam as placas que identificam irregularidades do veículo e do proprietário: - número do Renavam (Registro Nacional de Veículos Automotores), chassi e da carteira de habilitação. O sistema OCR registra até 400 veículos por minuto.

Em nota, a Sesp informou que o último modelo de Operação Integrada de Trânsito foi abortado, ainda no mês de março de 2018, e, desde então, os kits permaneceram sob a cautela da Polícia Judiciária Civil e Polícia Militar, nas suas fiscalizações policiais diárias e de trânsito, com emprego nas ações de segurança de tráfego. “Acrescentamos que a utilização rotineira pelas instituições de segurança não inviabiliza o contrato de locação dos equipamentos”.
 
Em 2018, de janeiro a dezembro, foram emitidos 4.778 alertas e mais de 57 milhões de veículos passaram pelos pontos de fiscalização. A contagem dos veículos é referente a entrada e saída. Segundo dados do Departamento Estadual de Trânsito (Detran), Mato Grosso possui uma frota de mais de 2 milhões de veículos. Vale destacar que os carros recuperados/localizados não necessariamente foram roubados neste ano, podendo ser relacionados a ações criminosas de anos anteriores.

Nos doze meses de 2018, em Cuiabá e Várzea Grande, foram registados 2.725 roubos e furtos de veículos. O coordenador do Ciosp, coronel PM Siziéboro Elvis de Oliveira, destacou que as câmeras OCR são eficazes nas ações de segurança pública. “Alcançamos bons resultados com o videomonitoramento. Nossa atuação é aliada com a dos policiais que fazem o trabalho ostensivo e de investigação”, enfatizou.

O gerente técnico do Ciosp, sargento BM Leandro Gustavo Alves, afirmou que a Secretaria de Estado de Segurança Pública (Sesp), por meio da adjunta de Integração Operacional (Saiop) vai ampliar o número de câmeras OCR e disponibilizar os serviços de fiscalização para a Secretaria de Fazenda (Sefaz), Meio Ambiente (Sema), entre outras.

“Nosso planejamento é instalar novas câmeras ao longo das rodovias do Estado para fiscalizar não só práticas de roubo e furto de veículos, mas outros delitos com o fisco e meio ambiente. Esperamos a otimização de recursos e potencialização dos resultados, para oferecer um melhor serviço à população mato-grossense”, finalizou.

OCR

Os bloqueios com utilização de OCR, denominados Operações Integradas de Trânsito, tiveram início no final de 2017, com a realização de quatro operações na capital. Em 2018, essas operações foram realizadas em outros cinco municípios.

Vale lembrar que, na época em que as blitzes começaram a ser feitas, diversos condutores da capital mato-grossense reclamaram da ação. Vários veículos foram apreendidos por estarem irregulares.
 
Em uma das blitzes, realizada em janeiro deste ano, na avenida Arquimedes Pereira Lima (Estrada do Moinho), em Cuiabá, foram 65 veículos abordados, 58 autuados e 42 removidos para regularização. Dos 940 veículos que passaram pelo local 119 foram identificados com irregularidades.

O OCR (Optical Character Recognition) [tecnologia de leitura ótica de caracteres] é capaz de ler várias placas em um curto espaço de tempo, auxiliando as autoridades a fiscalizar o transito de maneira eficaz. O equipamento checa, de maneira veloz, se o veículo é produto de roubo/furto ou tem alguma irregularidade que não o permita circular. As informações são recebidos em um tablet pelos agentes de segurança pública.

No período de janeiro a 20 de outubro de 2017, foram registrados 2.950 carros roubados ou furtados, destes, 2.635 foram recuperados através do sistema de videomonitoramento. Número superior ao registrado de janeiro a dezembro de 2016, onde 4.061 veículos foram furtados e 2.625 recuperados.

0 comentários

AVISO: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Olhar Direto. É vedada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O site Olhar Direto poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema da matéria comentada.

Sitevip Internet