Olhar Direto

Sexta-feira, 19 de abril de 2019

Notícias / Política MT

Simpático ao nome de Zaque, deputado cogita indicar juiz e pede que AL não repita erros do passado

Da Redação - Carlos Gustavo Dorileo

11 Fev 2019 - 18:14

Foto: JLSIQUEIRA / ALMT

Simpático ao nome de Zaque, deputado cogita indicar juiz e pede que AL não repita erros do passado
A disputa pelo nome que irá assumir a vaga de conselheiro do Tribunal de Contas do Estado (TCE) segue em articulação na Assembleia Legislativa. Além dos deputados que já manifestaram desejo de concorrer ao cargo, como Guilherme Maluf (PSDB) e Sebastião Rezende (PSC), existe o interesse de parte dos parlamentares em indicar membros do Ministério Público e do Poder Judiciário para a cadeira deixada por Humberto Bosaipo em 2014.

Leia também
AL derruba regra que impedia juízes e promotores de concorrerem à vaga de conselheiro do TCE


Em entrevista ao Olhar Direto, o deputado estadual recém-empossado, Ulysses Moraes (DC) confirmou que tem simpatia pelos nomes do promotor de justiça Mauro Zaque e do juiz Eduardo Calmon, que atua na Vara Especializada de Violência Doméstica e Familiar contra Mulher de Várzea Grande.

“Eu vejo dois nomes com muito bons olhos, que é do juiz Eduardo Calmon e o do promotor Mauro Zaque. Esta questão de renúncia é inconstitucional, não podem exigir uma coisa dessa. Parece que isso não vai estar no rito, que será anunciado amanhã”, afirmou.

O deputado, por fim, pediu para que o processo de indicação e escolha do novo conselheiro seja aberto para população e que conte com a participação de outros órgãos como a OAB e do próprio TCE na sabatina dos candidatos. Ele também recordou o afastamento de cinco conselheiros por indícios de corrupção e pediu para que os colegas de parlamento não repitam os mesmos erros do passado.

“O que eu venho defendendo é como eu apresentei no projeto de lei. Defendo que seja um processo transparente, totalmente aberto, para que as pessoas possam ver e que não ocorra igual aconteceu antigamente”, disse.

“Temos hoje em dia cinco conselheiros afastados, será mesmo que a Assembleia quer repetir isso? Por que não aplicamos um novo rito, com sabatinas públicas, trazer todos os órgãos de controle para dentro da Assembleia para participar da sabatina”, finalizou.

O processo para indicação do novo conselheiro deve iniciar já na sessão ordinária desta terça-feira (12), que acontece pela tarde na Assembleia Legislativa. Cada deputado estadual pode indicar um nome para a escolha, o que pode fazer com que chegue a 24 candidaturas.

A primeira etapa para a escolha do novo conselheiro é a leitura da vacância, que deve ser feita pela Mesa Diretora em sessão Planária, o que determinará a publicação da abertura da vaga em até 48 horas no Diário Oficial Eletrônico da Assembleia Legislativa.

Após a publicação oficial da vaga, a AL deverá abrir o prazo de até 48 horas para que os parlamentares apresentem indicações. Os nomes serão remetidos à Comissão de Constituição, Justiça e Redação para verificação da documentação e demais requisitos regimentais e constitucionais no prazo de até 48 horas.
 

15 comentários

AVISO: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Olhar Direto. É vedada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O site Olhar Direto poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema da matéria comentada.

  • Agostinho Carrara
    12 Fev 2019 às 09:57

    Eita conversinha fiada em deputado. Responde o que o povo quer saber, e as verbas? quando vai ser a data? era só promessa de campanha?

  • Prof. Orlando
    12 Fev 2019 às 09:48

    Uma pessoa q cairia bem nesse TCE é o Taques. Cade o Wilson Santos, Botelho, Maluf???

  • Ana Maria
    12 Fev 2019 às 08:59

    e a VI nobre deputado, qndo o senhor vai abrir mão?

  • Eduardo
    12 Fev 2019 às 08:55

    Vamos ver se vai dar resultado, pq mídia ele já tem bastante... todo dia é uma moage diferente!

  • Thomas Moros
    12 Fev 2019 às 08:37

    PARABENS ao deputado pela coerência, já é sem dúvida uma referência, destaque entre os novos parlamentares por suas posições firmes, deixando claro a que veio. Por certo que já sofre as perseguições da mídia comprada, que mesmo antes de encerrar o mês alguns veículos de comunicação já afirmaram que ele não abriu e até já recebeu a Verba Indenizatória, isso é risível. Desafio a esse veículo de comunicação a publicar a partir de março, todos os meses o valor da VI que cada parlamentar recebeu...Fica a dica....

  • Jefferson
    12 Fev 2019 às 08:29

    Esse Ulysses tem que trabalhar! Mostrar para que veio! Ou será tudo demagogia?

  • LUIZ
    12 Fev 2019 às 08:04

    Nobre Deputado, porque não buscar um funcionário de carreira o Tribunal de Contas que tenha experiencia e formação na área, Chega dos famosos que sempre estão em busca dos holofotes e nada fazem de concreto em prol da sociedade.

  • Muxirum
    12 Fev 2019 às 07:34

    Mas e a verba de Gabinete Ulysses Collor de Poconé. Tomou MT!

  • Carvalho
    12 Fev 2019 às 06:19

    Mauro Zaque sim! E que as Deusas nos livre do Eduardo Maron!

  • Paulo
    11 Fev 2019 às 23:20

    sabe tem hora que esses deputados novato torra a paciência. todo mundo já sabe que daqui uns 2 anos no máximo estão iguais ao antigo

Sitevip Internet