Olhar Direto

Quinta-feira, 23 de maio de 2019

Notícias / Política MT

Emanuel cita questão humanitária e abre possibilidade de fazer repasse de R$ 3,6 mi para Santa Casa

Da Redação - Wesley Santiago

12 Mar 2019 - 11:00

Foto: Rogério Florentino/Olhar Direto

Emanuel cita questão humanitária e abre possibilidade de fazer repasse de R$ 3,6 mi para Santa Casa
O prefeito Emanuel Pinheiro (MDB) citou a questão humanitária e abriu a possibilidade de fazer um repasse para a Santa Casa de Misericórdia de Cuiabá, que teve os serviços foram paralisados na segunda-feira (11), com a alegação do não cumprimento do repasse de R$ 3,6 milhões por parte do Executivo. O montante não foi encaminhado para a unidade filantrópica por conta de um pedido de cautela feito pela Controladoria Geral do Estado (CGE) em repasses antecipados ou empréstimos, já que há uma investigação da Delegacia Fazendária (Defaz) em andamento.

Leia mais:
Santa Casa tem dívida de R$ 80 milhões e Câmara recomenda intervenção da prefeitura
 
Emanuel Pinheiro esclareceu que tem compromisso com a população e sabe que muitos dependem da instituição filantrópica. Por conta do fato, após analisar os documentos, o prefeito afirmou que tomará a decisão baseado na legalidade da questão, sempre priorizando a humanização do atendimento à saúde dos cuiabanos, deixando aberta a possibilidade de fazer o repasse de R$ 3,6 milhões.
 
Vale lembrar que a prefeitura se comprometeu a ajudar a Santa Casa a continuar de ‘portas abertas’ repassando o valor R$ 3,6 mi como forma de adiantamento em troca de serviços hospitalares para a população. Porém, o Executivo frisou que não é obrigado a passar mais nenhum valor para a instituição e que esta seria uma ajuda e não uma obrigação.
 
Em nota, a prefeitura explica que a Santa Casa de Misericórdia de Cuiabá não cumpriu com o acordado com a Prefeitura de Cuiabá. Foram repassados R$ 24.866.260 para a instituição, mas os serviços hospitalares que deveriam ser oferecidos aos cidadãos não foram executados. Sendo este o motivo da dívida.

Um pedido de intervenção na Santa Casa de Misericórdia de Cuiabá foi encaminhado, na manhã desta terça-feira (12), pela Mesa Diretora da Câmara de Vereadores de Cuiabá, ao prefeito Emanuel Pinheiro (MDB). Ao todo, a unidade filantrópica tem uma dívida de R$ 80 milhões.

Investigação

A Santa Casa de Misericórdia de Cuiabá, que paralisou os serviços hospitalares na última segunda-feira (11) e alegou o não cumprimento do repasse de R$ 3,6 milhões da Prefeitura de Cuiabá, é alvo de investigação da Delegacia Fazendária e do Ministério Público Estadual (MPE). A informação foi divulgada pelo próprio Executivo, que ainda revelou um pedido de cautela feito pela Controladoria Geral do Estado (CGE) em repasses antecipados ou empréstimos.

Na última quinta-feira (7), o Conselho Municipal de Saúde de Cuiabá solicitou à Procuradoria Geral do Município parecer sobre o Relatório de Auditoria da Controladoria Geral do Estado que analisa a situação da Santa Casa.
 
A Controladoria Geral do Estado notificou o Município de Cuiabá do resultado da Auditoria efetivada na Santa Casa por solicitação da Delegacia Fazendária (Defaz), conforme documentos anexos, alertando para cautela em repasses antecipados ou empréstimos, pois a mesma está sendo objeto de investigação por parte do Ministério Público Estadual e da própria especializada.
 
A direção da Santa Casa informou que teria procurado a Defaz e teria negado a informação.
 
O prefeito Emanuel Pinheiro (MDB) solicitou todas as informações necessárias, para tomar as decisões cabíveis assim que retornar a Cuiabá, já que ele está fora da Capital.

6 comentários

AVISO: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Olhar Direto. É vedada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O site Olhar Direto poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema da matéria comentada.

  • ribeiro
    12 Mar 2019 às 15:03

    Esse prefeito é uma piada !!!

  • Paulo
    12 Mar 2019 às 13:21

    QUESTÃO HUMANITÁRIA??????????????kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk....faça-me rir esse site

  • Moreira
    12 Mar 2019 às 12:51

    O Prefeito do Paletó se agarrando no que pode para parecer honesto. Coisas do Brasil.

  • JORGE LUIZ
    12 Mar 2019 às 12:13

    ESSE NENÉU DINHEIRO NO PALETÓ ESTÁ TRIPUDIANDO COM A QUESTÃO HUMANA ISSO SIM, NÃO REPASSOU OS 12 MILHÕES QUE A BANCADA FEDERAL CONSEGUIU PARA A SANTA CASA E SEMANA PASSADA FEZ O MESMO TEATRO DIZENDO QUE IRIA REPASSAR OS 3,5 MILHÕES PARA PAGAMENTO DOS SALÁRIOS DOS FUNCIONÁRIOS DE LÁ, MAS ONTEM ELE E O SECRETÁRIO MUNICIPAL DE SAÚDE DESCARADAMENTE DISSERAM QUE HAVIA UMA OPERAÇÃO DA CONTROLADORIA DO ESTADO CONTRA A SANTA CASA E QUE FOI NEGADA, AGORA VEM COM ESSA DE QUESTÃO HUMANITÁRIA, NENÉU DINHEIRO NO PALETÓ TALVEZ A JUSTIÇA DOS HOMENS NÃO LHE COBRE NADA, MAS A JUSTIÇA DIVINA VAI COBRAR CADA CENTAVOS DISSO AÍ QUE VOCÊ FAZ

  • Luis
    12 Mar 2019 às 11:59

    E so o tempo dele pegar no "paletó" ??

  • Cindy Loper
    12 Mar 2019 às 11:57

    Parabéns Prefeito!!

Sitevip Internet