Olhar Direto

Notícias / Cidades

Manifestação em Cuiabá nesta quinta questiona ‘quem mandou matar Marielle’

Da Redação - Isabela Mercuri

14 Mar 2019 - 08:41

Foto: Reprodução

Manifestação em Cuiabá nesta quinta questiona ‘quem mandou matar Marielle’
Um ato em memória de Marielle Franco e Anderson acontece nesta quinta-feira (14), a partir das 16h, na Praça Alencastro, em Cuiabá. Com o nome “Marielle vive! Vidas negras, indígenas e periféricas importam”, o movimento busca respostas um ano após o assassinato.

Leia também:
Servidoras fazem greve geral no Dia da Mulher em protesto contra reforma da Previdência e assassinato de Marielle

“Em 14 de março faz um ano do brutal assassinato de Marielle Franco e Anderson Silva! Tentaram Calar a voz potente de uma mulher negra eleita que ecoava as vozes das periferias, das LGBTs, do povo negro, das mulheres e todxs exploradxs e oprimidxs. O que seus algozes não podiam esperar é que mesmo assassinada, ela não seria interrompida! Marielle se tornou semente de luta que germinou por todos os cantos do Brasil e do mundo!”, diz o posicionamento do PSOL, partido que Marielle era filiada.

O ato desta quinta-feira (14), no entanto, é suprapartidário. Na última terça-feira (12), policiais da Divisão de Homicídios da Polícia Civil e promotores do Ministério Público do Rio de Janeiro prenderam o policial militar reformado Ronnie Lessa, de 48 anos, e o ex-policial militar Élcio Vieira de Queiroz, de 46 anos, por terem assassinado Marielle Franco e seu motorista, Anderson. O mandante do crime e o motivo, no entanto, ainda não foram revelados.

“O assassinato de Marielle Franco (vereadora pelo PSOL/RJ) denota que a frágil democracia (incompleta) brasileira retrocedeu porque revela que há grupos políticos capazes de eliminar fisicamente seus oponentes, relembrando os tempos de ditadura militar. Pela radicalização da democracia, contra o protofascismo nascente neste século XXI, tomaremos as ruas dotadas de indignação e esperanças de construção dias melhores para clamar justiça por Marielle!”, completa o PSOL.

O ato está marcado para as 16h desta quinta-feira (14). Na última sexta-feira (8), militantes e movimentos sociais se reuniram no mesmo local para uma manifestação do Dia Internacional da Mulher.

28 comentários

AVISO: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Olhar Direto. É vedada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O site Olhar Direto poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema da matéria comentada.

  • Lorota
    14 Mar 2019 às 16:14

    https://www.vgnoticias.com.br/policia/mato-grosso-registra-66-mortes-de-mulheres-em-2018/52187 (66 mulheres mortas em MT em 2018, mais de 14mil ameaçadas) Nenhuma passeada, mas a Marielle se diferencia destas né??? Estão vendo que tudo que as pessoas desse país faz nunca possui interesse amplo é sempre movendo as marionetes partidárias, sejam lá de qual time for!!

  • fabio
    14 Mar 2019 às 16:01

    Deve ser o mesmo que roubou e meteu a faca no taxista e jogou ele numa estrada vicinal, vc que sente com a perda da Mariele veja o video do pai trabalhador taxista falando com filhos dentro da ambulancia, me de sua opiniao sobre isto???? vc que organiza um evento desse me responda, o que vc tem a dizer sobre este acontecimento???

  • Rodrigo
    14 Mar 2019 às 15:57

    Todos os dias morrem muito inocentes neste país e ninguém fala nada ou faz nada. Me poupem, dão um tempo!!

  • Carlielson
    14 Mar 2019 às 15:55

    E quem matou o José, o Pedro, o Manoel????? Tantos crimes no Brasil agora e muita gente num só mimimi. Temos que solucionar todos os crimes e não ficar o vida toda politizando um só crime.

  • Ademir
    14 Mar 2019 às 15:26

    Quanta babaquice ... Q q uma vereadora la do Rio tem a ver com nossos problemas daqui...pq nao vao se manifestar pela Santa Casa pelo VLT e tantas outras coisas mais....pracaba mesmo...

  • Zeca
    14 Mar 2019 às 13:13

    Quem mandou matar Bolsonaro, Celso Daniel, Toninho do PT, Ulisses Guimarães, Eduardo Campos, etc?

  • Era do crime organizado
    14 Mar 2019 às 13:02

    Vetado por conter expressões ofensivas e/ou impróprias, denúncias sem provas e/ou de cunho pessoal ou por atingir a imagem de terceiros. Queira por favor refazer seu comentário e reenviá-lo.

  • ESilva
    14 Mar 2019 às 12:29

    Sr Levi, muitas pessoas boas que fazem o bem pra sociedade também morreram? Desses ninguem quer saber quem mandou matar? Muita Hipocrisia de vcs.... Justiça tem que ser pra todos independente de quem seja... Justiça pra Mariele e pra todo mundo!

  • silvio lopes de Moraes
    14 Mar 2019 às 12:11

    Quem mandou Adélio esfaquear Bolsonaro ? Tivemos 55 mil homicídios nesse ultimo ano,após Marielle Morrer,porquer?quem? qual a saída para essa guerra?Ninguém deve ser assassinado ,o estado tem que trabalhar pra isso com eficiência ,distribuindo renda e oferecendo educação de qualidade.Estamos em Guerra!!!

  • Marcos
    14 Mar 2019 às 11:57

    Quem mandou matar Jair Bolsonaro? Quem mandou matar Celso Daniel? Enfim, quem mandou matar mais de 70.000 brasileiros em 2018?

Sitevip Internet