Olhar Direto

Terça-feira, 20 de agosto de 2019

Notícias / Ciência & Saúde

Nova gestão da Unimed Cuiabá foca em governança cooperativa, saúde preventiva e meritocracia

Da Redação - Isabela Mercuri

03 Abr 2019 - 10:25

Foto: Lucas Ninno

Nova gestão da Unimed Cuiabá foca em governança cooperativa, saúde preventiva e meritocracia
A Diretoria Executiva da Unimed Cuiabá tomou posse na noite da última terça-feira (2), em um evento no buffet Leila Malouf. Os membros foram reeleitos no último dia 1 de março e, deste ano até 2023, pretendem instalar em uma nova forma política de organização, a ‘governança participativa’, além de focar em saúde preventiva e na meritocracia de seus funcionários.

Leia também:
Rubens Carlos de Oliveira é reeleito presidente da Unimed Cuiabá para os próximos 4 anos

Para realizar a governança participativa, foram diplomados, também, os cooperados eleitos para o Conselho de Administração, a Comissão Disciplinar Cooperativista, Conselho Fiscal e o Comitê Educativo. “A governança cooperativa, hoje, já é uma realidade, mudar isso, a maneira de gestão, não foi fácil, porque envolvia mudar estatuto, convencer os médicos, mostrar os argumentos todos que fossem positivos pra isso. Então nós vencemos essa etapa. Agora nós estamos indo pra uma empresa mais enxuta, de maior rentabilidade, de grande destaque dentro da Unimed do Brasil, então as coisas mudam. E aqueles planos que nós tínhamos de modificar a maneira de olhar plano de saúde, isso agora vai se tornar a realidade”, afirmou Suzana Palma, que, na última gestão, foi diretora de mercado da empresa, e na noite de terça (2), assumiu a diretoria financeira.

Suzana conta que precisou se preparar para o novo desafio. “Quando eu soube que eu ia, na próxima gestão, entrar na equipe me candidatando pra diretoria financeira, a primeira coisa que eu fiz foi procurar um MBA nessa área”, disse. “A responsabilidade é muito grande, o que muda realmente é o foco do meu interesse, do meu trabalho ali dentro. Porque é um trabalho que envolve tanto a questão tributária, que é bastante pesada no nosso país, a atenção a todos os requisitos da Receita Federal que também é outra coisa muito forte, pesada, e as negociações de banco”.

Para a médica, a continuidade da gestão é benéfica, mas a chegada dos novos conselheiros vai ajudar a trazer olhares diferentes à empresa. “O continuísmo nem sempre é bom, a gente tem certeza disso, porque a conformidade é uma tendência. Quando você tem um trabalho, e você permanece nesse trabalho, o desafio é maior para que você, todo dia, se questione: o que é que eu não enxerguei? O que eu não vi? [Os conselheiros] são um olhar novo dentro da Unimed, sobre a gestão”.

O presidente reeleito da Unimed Cuiabá, Rubens Carlos de Oliveira, concorda: “Nós tivemos coragem de mudar o estatuto pra implantarmos a integridade e a governança. Dessa forma, nós conseguimos segmentar o poder com conselho de administração composto de nove componentes que irão discutir a estratégia da empresa e cinco diretores executivos que irão tocar a operação. Isso é muito importante, pra não centralizar poder. Isso foi um grande avanço da Unimed Cuiabá”.

Saúde preventiva

Além da política de governança, um foco da gestão reeleita da Unimed será na prevenção. “Todo mundo, quando pensa em plano de saúde, pensa que tem para ter segurança. Dá pra ele a ideia de que se acontecer uma fatalidade, uma doença grave, um acidente, ele vai estar assistido. Porém, esse é um pensamento que visa olhar a consequência. O plano de saúde não pode ser só uma segurança para o momento difícil. O plano de saúde tem que fazer parte de resgatar a saúde da pessoa, focar na prevenção”, afirma doutora Suzana. “É muito mais rentável e muito mais ético eu fazer com que o individuo controle sua glicose, que ele faça sua atividade física, tome o remédio da pressão, antes de ter um derrame, um infarto. [Por isso] temos programa contra o tabagismo, temos a ‘Doce Vida’, para pacientes diabéticos, temos o combate à hipertensão, temos o ‘movimente-se’, que está nas praças da cidade para quem tem e para quem não tem Unimed”.

“A Unimed é o quarto orçamento do Estado, mais de 212 mil vidas, 1360 só os cooperados, mais de mil empregos diretos, e seis mil empregos indiretos. E um faturamento de 1 bilhão e 300. Temos vários projetos, o nosso atendimento primário a saúde, que é a mudança do modelo assistencial, voltando aquele médico da família. Temos nosso Espaço Cuidar, que é o prédio que está do lado da Unimed, onde vão estar todos os nossos serviços próprios de fisioterapia, com duas piscinas padrão europeu, núcleo de medicina do trabalho, núcleo de saúde ocupacional, teremos consultórios pros cooperados, teremos também nosso APS,  que é o personal. Ou seja, muito trabalho! Inauguramos em novembro a nossa distribuidora, que é a maior do sistema Unimed e a maior do estado de Mato Grosso, e também estamos com um projeto muito ousado, que é a criação da Unimed participações, com seu fundo de investimento patrimonial e seu fundo de investimento imobiliário. Porque isso melhora a rentabilidade da empresa e dá uma perenidade pra Unimed Cuiabá”, completa Rubens.

Quando o paciente tem que ser atendido, na 'ponta' dos serviços do plano, a intenção é melhorar a consulta e, para isso, Rubens acredita da meritocracia. "O colega que for eficiente, resolutivo, e der atenção ao nosso cliente, merece receber mais. Isso é um contexto que nós colocamos, estamos analisando como vamos fazer isso, mas sem dúvida, o cliente tem que ser bem tratado. Mesmo com essa situação, nós temos um grau de satisfação do cliente Unimed de 86%. Isso mostra que nós estamos evoluindo dentro dos nossos clientes".

Reconhecimento nacional

Alexandre Ruschi (Foto: Lucas Ninno)

Todo o trabalho da gestão Unimed é reconhecido não só no estado de Mato Grosso, mas em todo o Brasil. Na data da posse, estava presente, por exemplo, o presidente da Central Nacional Unimed, Alexandre Ruschi Filho, que comemorou a reeleição. “Não tenho duvida alguma que as gestões sucessivas, que vem cada vez mais se aprimorando, são fundamentais pra que as Unimeds se estabilizem. O nosso modelo é um modelo cooperativo, nós somos 350 cooperativas no Brasil, cada uma com uma gestão administrativa independente, com autonomia administrativa, porque assim é o modelo cooperativista. De forma que ter uma gestão empresarial adequada, contemporânea, antenada nos tempos atuais é indispensável, e aqui em Cuiabá nós temos visto isso, e doutor Rubens vem fazendo uma gestão admirável, de muito sucesso, de muita confiança, e é isso que nós precisamos”, disse. “A solidez da Unimed Cuiabá está demonstrada nos seus resultados, está demonstrada nas suas iniciativas. São várias iniciativas empresariais nessa região, o que mostra que ela trilha o caminho de segurança, de muita prudência empresarial, dessa forma atendendo as necessidades do sistema Unimed e da saúde suplementar brasileira”.

Omar Abujamra Junior, presidente da Federação das Unimeds do estado de São Paulo, também esteve presente para prestigiar a posse. “Nós avaliamos muito bem a Unimed Cuiabá. É uma Unimed de porte, de sucesso, que representa muito bem o sistema. Temos seminários, encontros frequentes pra trocar experiências entre as nossas unidades. Pra gente é uma grande honra poder vir a Cuiabá cumprimentar essa nova diretoria nacionais”, afirmou.

Nomes



Tomou posse na noite de terça (2) a Diretoria Executiva da Cooperativa, que é composta pelos médicos: Dr. Rubens Carlos de Oliveira Jr, Diretor-Presidente; Drª. Suzana Palma, Diretora Administrativa-Financeira; Dr. Celso Firmo Rodrigues, Diretor de Mercado; Dr. Rodney Mady, Diretor de Provimento de Saúde; Dr. Marcondes da Costa Marques, Diretor de Recursos Próprios.

O Conselho de Administração eleito é integrado por: Dr. Waldyr de Paula Liberato Júnior; Dr. Rubem Couto; Drª. Maria Regina Vieira Angelo Marques; Dr. João Bosco de Almeida Duarte; Dr. João Augusto Coutinho Messias; Dr. Claudio Poletto Casarotto; Drª Ana Maria Coelho Bezerra Martins; Dr. Bruno Baranhuk de Freitas; Dra. Maria Julia Ventresqui.

O Comitê Educativo fica sob a responsabilidade do Dr. Humberto Celestino e Dra.Fernanda Monteiro. Já a Comissão Disciplinar Cooperativista é integrada pelos cooperados Dra. Ritamaris de Arruda Regis, Dr. Gustavo Rodrigues Brianeze e Dr. Roberto Yutaka Takano. Assumem o Conselho Fiscal os médicos Dr. Osvaldo Cassemiro Rabel Filho, Dra. Andrea Moreira Minossi e Dr. Mauricio de Araujo Allet, para mandato de um ano.     

0 comentários

AVISO: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Olhar Direto. É vedada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O site Olhar Direto poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema da matéria comentada.

Sitevip Internet