Olhar Direto

Quarta-feira, 17 de julho de 2019

Notícias / Política MT

AL define nesta quarta quanto de "sobra de caixa" destinará para salários atrasados na Santa Casa

Da Reportagem Local - Carlos Gustavo Dorileo/ Da Redação - Erika Oliveira

03 Abr 2019 - 14:05

Foto: Rogério Florentino/Olhar Direto

AL define nesta quarta quanto de
O presidente da Assembleia Legislativa Eduardo Botelho (DEM) garantiu que irá se reunir com o primeiro-secretário, Max Russi (PSB), ainda na tarde desta quarta-feira (3), para definir como a Casa de Leis poderá contribuir, usando dinheiro de ‘sobra de caixa’, para pagar parte dos salários atrasados dos funcionários da Santa Casa de Misericórdia, hospital filantrópico que deixou de realizar atendimentos desde o último dia 11 de março.

Leia também
Presidente da CPI da Santa Casa quer definir depoimentos antes de assumir vaga na AL


“Vou sentar hoje com o primeiro-secretário para tomarmos uma posição. Estou colocando o que temos em caixa para fazer uma devolução para Santa Casa. Queremos dar um auxílio para aquelas pessoas que só têm este emprego e estão passando necessidades. Estas pessoas precisam deste socorro. Isso não irá resolver o grande problema da Santa Casa, mas ajuda. E este talvez seria o primeiro passo para reabrirmos a Santa Casa”, disse o presidente.

Desde o início do mês de março, vereadores, deputados, prefeito e governador estão discutindo em reuniões e em audiências públicas a situação de calamidade que vive a Santa Casa de Cuiabá.

Na Câmara Municipal já houve requerimento para abertura de uma Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) para abria a ‘caixa preta’ do filantrópico. Alguns políticos da capital defendem uma intervenção da Prefeitura para reorganizar e abrir o hospital, mas por enquanto a medida está descartada. 

Em reunião envolvendo o Governo do Estado, Assembleia Legislativa, diretores do filantrópico e prefeitura de Cuiabá, o secretário de Saúde do Estado, Gilberto Figueiredo, cobrou um relatório completo das dívidas acumuladas.

Na ocasião, o secretário afirmou que o Governo já deu sua posição há mais de 20 dias sobre o que precisa para ajudar na solução do problema, mas que até agora o hospital não fez sua parte. “A Santa Casa precisa colocar o pé no acelerador para cumprir com essa tarefa que foi a tarefa encomendada pelo ministro, que foi a tarefa encomendada pelo Governo do Estado através da Secretaria de Saúde e encomendada pelo Município de Cuiabá”.
 

8 comentários

AVISO: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Olhar Direto. É vedada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O site Olhar Direto poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema da matéria comentada.

  • Gladston
    04 Abr 2019 às 07:53

    A manchete dessa matéria só deixa mais claro ainda o desiteresse desse "desgoverno" pela saúde pública! O que DEVERIA SER PRIORIDADE, poderá, se sobrar alguma coisa, receber somente migalhas desse absurdo custo que são os poderes em nosso país. A NOSSA SAÚDE, se não somos agregados desses políticos, fica em último plano em nosso estado. VOCÊS NOS ENVERGONHAM!!!

  • Luiz
    03 Abr 2019 às 21:16

    É salutar presidente a ajuda pra essa instituição que presta relevantes serviços ao sistema SUS, mas entretanto não é só esse entidades que está passando por dificuldade, mas sim todas que presta serviços ao SUS., se não houver um pacto pela Saúde com todos os envolvidos com o sistema, se nada for feito, o sistema vai entrar em colapso se já não está, uns dos problema que leva as unidades de saúde a essa situação é o atraso constante nos repasses e a defasagem da tabela do SUS. A demora nos repasses dos valores pactuadas pela prestação de serviços. Falta política pública de saúde pelo governo, e um dos maiores problemas são gestão enefeciente, e a falta de fiscalização eficaz dos órgãos de controle e dos senhores deputados que não cumpri seus papéis de fiscalizar aplicação dos recursos públicos o resto. É só piada

  • Mario Tupinamba
    03 Abr 2019 às 18:37

    Tem razão Ademir Bolsonaro e Moro são piores do que a quadrilha do PT. São bem mais organizados.

  • Luiz Otávio
    03 Abr 2019 às 17:27

    Demagogia barata ,tem muito mais gente precisando de dinheiro que funcionário da santa casa ,como aquele André que não trabalha ,do faz política

  • Rmac
    03 Abr 2019 às 16:53

    Muito boa a intenção, afinal são 6 meses sem receber.deve ajudar sim, mais como relatado em alguns comentarios, a Santa Casa da Mãe Joana é uma instituição privada e a Assembleia, MPU e todos devem se enpenhar não só em reabrir mais punir os responsáveis.

  • Ademir
    03 Abr 2019 às 16:38

    Pode ser até igual Juracy Ady , mas nunca chegue a comparar Bolsonaro com a maior quadrilha que roubou este país, a do PT!! Pois mesmo se começassem a roubar agora até o final dos 4 anos, não chega nos pés do PT!!

  • Cándido Siqueira
    03 Abr 2019 às 14:59

    Se o Giverno deve mais de R$ 100 Milhões de Repasses à Assembleia e aínda está sobrando dinheiro no caixa para ajudar pagar salários dos funcionários da Santa Casa ( empresa privada ) porque não aceitam baixar o valor dos repasses do Governo ? Uma verdadeira farra com o dinheiro Público ! Porque não abrem a Caixa Preta da Assembleia ? ???????

  • Juracy Ady
    03 Abr 2019 às 14:19

    Sobra de caixa da assembléia legislativa é dinheiro do nosso imposto. Botelho quer pagar salário atrasado da Santa Casa, que é empresa privada com nosso imposto. Bem feito para quem reelegerau esses deputados. Brasil não tem jeito. Bozonaro, Selma são iguais a Temer, Aecio, etc...

Sitevip Internet