Olhar Direto

Notícias / Política MT

Mauro Mendes afirma que obras do rodoanel serão licitadas até julho

Da Redação - Isabela Mercuri

15 Abr 2019 - 09:11

Foto: Rogério Florentino Pereira/Olhar Direto

Mauro Mendes afirma que obras do rodoanel serão licitadas até julho
O governador Mauro Mendes (DEM) afirmou, na manhã desta segunda-feira (15), que o processo de licitação das obras do rodoanel será lançado ainda no primeiro semestre de 2019. A obra, que foi lançada pela primeira vez em 2009, ligaria a região do Trevo do Lagarto, em Várzea Grande à BR-364, em Cuiabá.

Leia também:
Projeto de Taques para conclusão do rodoanel custará R$ 143 mi a mais que o de Silval

“Essa obra está parada há mais de quatro anos. A secretaria está tomando as últimas providências para fazer a licitação. Essa obra será licitada ainda no primeiro semestre desse ano, deve ser colocado o edital na praça para início da licitação e se Deus quiser contratar a retomada dessa obra, afirmou Mauro no programa ‘Chamada Geral’ da Rádio Mega 95FM.

"Houve uma mudança do projeto desse período, essa mudança ensejou uma perda de tempo grande, e depois terminou o projeto eu não sei por que, não fizeram a licitação, ficou parado. Nós estamos finalizando o processo, ajustando alguns detalhes no processo de licitação, e nas próximas semanas ele estará na praça e, se Deus quiser, vamos contratar e dar início nessa obra importantíssima pra cidade de Cuiabá”, completou

10 anos de rodoanel 

A construção do rodoanel foi iniciada em 2009, durante a gestão de Wilson Santos (PSDB) como prefeito de Cuiabá. A primeira etapa foi entregue e depois disso um novo projeto, da Agência de Execução de Projetos da Copa de 2014 (Agecopa) foi apresentado.

Em agosto de 2018, a Secretaria de Estado de Infraestrutura e Logística (Sinfra), ligada à gestão Pedro Taques, divulgou que retomou o processo licitatório para a conclusão das obras do rodoanel em Cuiabá e Várzea Grande, que deverão custar R$ 498 milhões.

Em um Termo de Compromisso de 2012 consta que o projeto para a finalização do rodoanel, a época a cargo da Secretaria de Estado de Transportes e Pavimentação Urbana (SETPU), custaria R$ 354.389.227,00 com verbas do Governo Federal, 143.610.773 a menos que o projeto de Taques. Mauro Mendes não falou em valores na entrevista desta manhã.

2 comentários

AVISO: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Olhar Direto. É vedada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O site Olhar Direto poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema da matéria comentada.

  • Areal
    15 Abr 2019 às 09:37

    É assim que as coisas funcionam nesse estado ..quem deu causa ao prejuizo com fortes indicios de ter pego propina , hoje com os rendimentos esta plantando limões orgânicos para distribuir para os mais ricos da cidade ...é muita cara de pau ...ai vem o governador e vai endossar a corrupção sendo que o mais certo a ser feito era cobrar da justiça que aponte os culpados e que esses devolvam o dinheiro roubado dessa obra...

  • DIVIDA DOLARIZADA
    15 Abr 2019 às 09:26

    Qual foi o problema que gestor anterior do estado pegou a divida dolarizada com o BOF ??? O problema é que o governador naquela época pegou a divida dolarizada com o dólar a 2 reais e esse empréstimo que inicialmente tinha um valor de U$ 479 milhões de dólares com juros de 5%, com o passar dos anos o dólar foi até 4,20 com isso a divida praticamente dobrou. O que me garante que daqui 20 anos essa divida não vai ser 5 vezes maior ou 10 x maior ??? Colocaram uma trava colocando o dólar ao valor de hoje ???? essas coisas que as vezes o barato sai caro. Estamos de olho !!!!! Daqui alguns anos vamos ver se essa divida vai ser renegociada novamente.

Sitevip Internet