Olhar Direto

Segunda-feira, 17 de junho de 2019

Notícias / Política MT

Membro de CPI diz que flagrou ex-presidente "dando as cartas" na Santa Casa

Da Redação - Wesley Santiago

16 Abr 2019 - 14:30

Foto: Rogério Florentino/Olhar Direto

Membro de CPI diz que flagrou ex-presidente
O vereador Toninho de Souza (PSD), presidente da Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) que apura irregularidades na Santa Casa de Misericórdia de Cuiabá, teve uma surpresa na manhã desta terça-feira (16) ao chegar a unidade de saúde e descobrir que o ex-presidente da unidade, médico Antonio Preza, que também é alvo da investigação, estava junto à nova diretoria, que agora é presidida pelo médico Luís Saboia. Por fim, o parlamentar ainda explicou a confusão ocorrida hoje.

Leia mais:
Presidente da Santa Casa toma celular e funcionária desmaia após confusão; vereador passou mal
 
“O agravante disto tudo foi nós sermos surpreendidos com a presença do Preza. Disseram ao prefeito que seria uma nova diretoria, o Saboia disse que não tem vínculo com o ex-presidente, mas na verdade ele continua lá por dentro, transitando e certamente dando às cartas”, disse o vereador Toninho de Souza ao Olhar Direto.

“A comissão da CPI da Santa Casa foi até lá e tínhamos agendado com a administração às 10h30. Fomos até lá requisitando documentos. Entregamos o pedido e quando saímos da sala dele, deparemos com os funcionários querendo falar conosco. Eles relataram sobre uma reunião com o novo presidente e falaram que ele tinha sido agressivo na reunião, que não tiveram nenhuma luz e queriam ajuda da Câmara Municipal para resolver a situação”, acrescenta o vereador.
 
O parlamentar então disse aos funcionários que eles estavam na unidade de saúde para pegar documentos, mas que iriam levar a reivindicação deles para o prefeito Emanuel Pinheiro (MDB). Neste momento, Saboia teria saído de sua sala e interrompeu a conversa dos trabalhadores com os vereadores.
 
“Ele já apareceu nos convidando asperamente para ir até a sala dele para conversar. Eu disse que não iria, porque descobri que o Preza está presente e estava no local, tem participado das ações. Os funcionários disseram, a administração e o próprio Saboia confirmaram. Ele disse que estava pegando informações apenas. Por isso me recusei a ir”, explicou o vereador.
 
Saboia então teria ficado alterado e, quando viu que funcionários estavam filmando, tomou o celular do aparelho de uma mulher. “Como os ânimos estavam exaltados, pediram para nós que nos retirássemos. Para não gerar confusão, saímos para não piorar a situação, dado o ânimo exaltado dele”.
 
Os funcionários não estariam aceitando a presença de Preza, junto com Saboia e, por conta disto, estão pedindo pela intervenção do prefeito Emanuel Pinheiro. “Como vamos negociar com uma comissão que se diz nova? Sabemos que foi na gestão dele que ficou nesta situação. Ele se afastar e ficar por trás é mentir para a sociedade. Tentar enganar a prefeitura e a Câmara Municipal”, pontuou o vereador.
 
“Vamos tentar conversar com o prefeito e exigir uma posição imediata. Ele prometeu tomar uma decisão ontem (15), mas não o fez. Diante desta situação, de hoje não pode passar uma decisão. A situação lá está gravíssima. A ponto de o presidente tentar partir para agressão nos funcionários. A mulher desmaiou na confusão, vão registrar o boletim de ocorrências”, finalizou Toninho.

Confusão

Uma confusão na Santa Casa de Misericórdia de Cuiabá, ocorrida na manhã desta terça-feira (16), fez com que a Polícia Militar fosse acionada. O presidente da nova comissão gestora, Luís Saboia, se irritou com a presença de vereadores e tomou o celular de uma funcionária. Alguns dos trabalhadores passaram mal e precisaram ser socorridos. Após o episódio, o parlamentar Luiz Cláudio (PP) não se sentiu bem e foi encaminhado para uma unidade de saúde.

Afastamento

A sociedade mantenedora da Santa Casa de Misericórdia de Cuiabá resolveu afastar a atual diretoria da unidade filantrópica, após uma reunião realizada nesta sexta-feira (12). Com isto, o Dr. Carlos Coutinho, que havia assumido a gestão recentemente, deixa o cargo, que passará a ser ocupado pelo médico Luís Saboia. Fechado há um mês, o hospital aguarda um repasse de R$ 7 milhões que auxiliarão no pagamento de salários atrasados.

Portas fechadas
 
A direção da Santa Casa paralisou os atendimentos no dia 11 de março. A Prefeitura de Cuiabá pontuou que foram repassados R$ 24,8 milhões para a instituição, mas os serviços hospitalares que deveriam ser oferecidos aos cidadãos não foram executados.
 
Em relação aos R$ 3,6 milhões que o Poder Executivo se comprometeu em ajudar a unidade como forma de adiantamento em troca de serviços, o recurso não foi repassado por conta de notificação da Controladoria Geral do Estado recomendando que não fosse feito nenhum repasse em função de uma investigação da Delegacia Fazendária.
 
A Assembleia Legislativa irá disponibilizar a quantia de R$ 3,5 milhões de sobra de caixa para pagar parte dos salários dos funcionários da Santa Casa de Misericórdia de Cuiabá. A informação foi confirmada pelo presidente do Legislativo Estadual, Eduardo Botelho (DEM), que garantiu que este será o primeiro passo para a reabertura do hospital filantrópico.
 
Desde o fechamento da unidade hospitalar, os pacientes oncológicos e nefrológicos foram transferidos para o Hospital de Câncer e Hospital Geral da União (HGU). Entretanto, não foi liberado prontuário para que eles fossem regulados para os outros hospitais, e os pacientes continuam sendo tratados na unidade.

10 comentários

AVISO: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Olhar Direto. É vedada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O site Olhar Direto poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema da matéria comentada.

  • PAULO
    16 Abr 2019 às 17:11

    UMA VERGONHA O QUE FIZERAM COM A SANTA CASA, AGORA TODO MUNDO QUER APARECER. ESSES VEREADORES NÃO FAZEM NADA.

  • Juscelino Alves Ferreira
    16 Abr 2019 às 17:08

    Eu já havia falado que o pior iria acontecer! As autoridades não se preicuopam em resolver essa situacão!

  • Josafa
    16 Abr 2019 às 16:45

    Aí uma mão lava a outra, cada um que passou pela presidência deixou um buraco, por mais que o poder público e a sociedade ajudasse. A intervenção tem que ser ampla geral e irrestrita aos ex-diretores, porque senão pouco irá adiantar, mesmo que o poder público socorra a entidade.

  • PALHARES
    16 Abr 2019 às 16:20

    NÃO CONFIO EM NENHUM POLITICO MUITO MENOS NESSE TONINHO DE SOUZA, É MUITO SENSACIONALISTA!!!!

  • José Carlos
    16 Abr 2019 às 16:16

    Vetado por conter expressões ofensivas e/ou impróprias, denúncias sem provas e/ou de cunho pessoal ou por atingir a imagem de terceiros. Queira por favor refazer seu comentário e reenviá-lo.

  • João Capile
    16 Abr 2019 às 15:43

    Parabéns olhar direto. Doutor Preza ainda na Santa Casa? Não votei no Emanuel Pinheiro. Mas apóio cem por cento. Nada de intervenção pois esse hospital é particular e pode dar processo. E nada de dar dinheiro público dos nossos suados impostos para esse hospital. Sinto pena dos trabalhadores, mas eles que sigam o rito correto, ou seja a justiça trabalhista para receber seus salários atrasados.

  • Janaina
    16 Abr 2019 às 15:15

    Esses dois ai estão de complô vereador Toninho de Souza, eles tem que vazar quando mais rápido. Lute vereador para que os funcionários consigam receber seus salários e a Santa Casa não feche de vez.

  • Daniel
    16 Abr 2019 às 15:11

    Vetado por conter expressões ofensivas e/ou impróprias, denúncias sem provas e/ou de cunho pessoal ou por atingir a imagem de terceiros. Queira por favor refazer seu comentário e reenviá-lo.

  • João
    16 Abr 2019 às 15:09

    Então vai la vc resolver Luiz se acha fácil assim. Le a matéria primeiro depois de a sua opinião.

  • Luiz Otávio
    16 Abr 2019 às 15:01

    Santa casa tem que seguir seu caminho sem esses inúteis vereadores e politicos incompetentes

Sitevip Internet