Olhar Direto

Notícias / Cidades

Polícia prende três e apreende 45 quilos de maconha, quatro armas e R$19 mil em quitinete

Da Redação - Isabela Mercuri

18 Abr 2019 - 12:11

Foto: Reprodução / PJC

Polícia prende três e apreende 45 quilos de maconha, quatro armas e R$19 mil em quitinete
Três pessoas foram presas e 45 quilos de maconha, quatro armas de fogo de uso restrito e mais de R$ 19 mil em dinheiro apreendidos na noite da última quarta-feira (17), após a Polícia encontrar uma boca de fumo em uma quitinete no bairro Bosque da Saúde.

Leia também:
Mulher é presa com mais de 50 cartões de crédito e do Bolsa Família

A ação foi realizada pela Delegacia Especializada de Repressão a Entorpecente (DRE). Foram presos os suspeitos Raphael Wender da Silva Souza, 19, conhecido como “Mateuzinho”, Walison Henrique Barros, 21, conhecido como “Mussun”, e Thayna Aires Farias, 19. Todos foram autuados em flagrante pelos crimes de tráfico de drogas, associação para o tráfico, posse ou porte ilegal de arma de fogo de uso restrito ou proibido e receptação.

De acordo com a assessoria, a Polícia recebeu uma denúncia sobre o ponto usado para comércio de drogas e apoio para práticas de crime. Eles foram até o local e, durante monitoramento, ouviram duas pessoas conversando dentro do imóvel, falando sobre o recebimento e distribuição de droga, bem como sobre a separação e pesagem do entorpecente, que seria distribuído naquele momento.

Neste momento foi feita a abordagem dos suspeitos. Na quitinete foram encontradas 29 peças grandes e 19 peças médias de maconha (totalizando 48 tabletes); 03 porções de substância análoga a cocaína; quatro armas de fogo de cano longo e de uso proibido; diversas munições; cerca de R$ 18,5 mil em dinheiro, dois veículos, balanças de precisões, entre outros itens. Ali foram presos Raphael e Walison. As quatro armas de fogo de cano longo e de uso restrito estavam, algumas, alimentadas, e outras com os respectivos carregadores municiados.

Em seguida, os policiais civis foram para outro endereço no bairro Doutor Fábio, onde foi presa a esposa de Walison, identificada como Thayna. Na ocasião foi encontrado resquícios de droga, além de quase R$ 600. A jovem não soube explicar a procedência do dinheiro e nem do documento de veículo pertencente ao automóvel roubado.

Segundo o delegado titular da DRE, Vitor Hugo Bruzulato, as investigações apontam que os envolvidos integram uma facção criminosa. “O primeiro endereço no bairro Bosque da Saúde era usado como escritório do crime, ponto de grande de distribuição da organização criminosa, onde recebiam e distribuíam as drogas para as bocas de fumo da capital. Possivelmente o armamento pertencia a facção para práticas dos roubos”, destaca.

Os três presos foram ouvidos e autuados em flagrante pelos crimes de  tráfico de drogas, associação para o tráfico, posse ou porte ilegal de arma de fogo de uso restrito ou proibido e receptação. Agora estão à disposição da Justiça para audiência de custódia. 

0 comentários

AVISO: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Olhar Direto. É vedada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O site Olhar Direto poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema da matéria comentada.

Sitevip Internet