Olhar Direto

Quarta-feira, 21 de agosto de 2019

Notícias / Política MT

Mauro cumpre promessa de campanha e inicia extinção da Ceasa

Da Redação - Wesley Santiago

30 Abr 2019 - 07:35

Foto: Rogério Florentino/Olhar Direto

Mauro cumpre promessa de campanha e inicia extinção da Ceasa
O governador Mauro Mendes (DEM) iniciou o processo de extinção da Central de Abastecimento do Estado de Mato Grosso (Ceasa). O decreto foi publicado pelo chefe do Executivo no Diário Oficial do Estado (DOE) que circula nesta terça-feira (30). Vale lembrar que esta era uma das promessas de campanha do democrata. O processo deve demorar no máximo seis meses.

Leia mais:
Mauro inicia reforma administrativa, extingue primeira empresa e nove secretarias; veja como ficou
 
Nivaldo de Almeida Carvalho Junior, que já atuava na empresa como diretor, foi nomeado como liquidante. Ele terá um prazo de seis meses para concluir o processo de liquidação da autarquia. Além disto, terá de apresentar o plano de trabalho da liquidação a Secretaria de Estado de Agricultura Familiar, no prazo de 15 dias.
 
O liquidante também será responsável por rescindir os contratos de trabalho dos empregados da Ceasa, com a imediata quitação dos direitos aos quais os funcionários deverão receber. No total, são aproximadamente 30 pessoas trabalhando na autarquia.
 
Os débitos relativos às rescisões dos contratos de trabalho e seus encargos continuarão a ser pagos pela empresa liquidanda. Apenas quando todo o processo de liquidação for encerrado é que, de fato, a autarquia será extinta.
 
Durante a sua campanha, o governador Mauro Mendes prometeu acabar com diversas empresas que não se mostrassem viáveis. A Agência de Desenvolvimento Metropolitano da Região do Vale do Rio Cuiabá (Agem-VRC), órgão da administração pública indireta, foi a primeira.
 
A Lei Complementar 612/2019 extinguiu, no início do mandato de Mauro Mendes, nove secretarias. O chefe do Executivo também foi autorizado pela Assembleia Legislativa de Mato Grosso a acabar com cinco empresas públicas e de economia mista.
 
A reforma administrativa é um dos projetos apresentados pela atual gestão que integra o pacote de ações “Pacto por Mato Grosso”, que visa reequilibrar as contas públicas do Estado. Também foram aprovados pela Assembleia Legislativa e sancionados pelo governador o novo Fundo Estadual de Transporte e Habitação (Fethab); a alteração de competências no âmbito do MT Prev; e a lei que prevê os critérios para a concessão da Revisão Geral Anual (RGA) dos servidores públicos.

9 comentários

AVISO: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Olhar Direto. É vedada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O site Olhar Direto poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema da matéria comentada.

  • Luaninha - Dr fabio
    01 Mai 2019 às 00:48

    Agora tem que excluir a MTI urgente.

  • Juracy Ady
    30 Abr 2019 às 17:53

    Parabéns governador. Ceasa não faz falta. Votamos no senhor para enxugar o estado. Mais demissões. Mais terceirizaçao.

  • ELEITOR ARREPENDIDO
    30 Abr 2019 às 17:13

    Vetado por conter expressões ofensivas e/ou impróprias, denúncias sem provas e/ou de cunho pessoal ou por atingir a imagem de terceiros. Queira por favor refazer seu comentário e reenviá-lo.

  • CURIMBATÁ
    30 Abr 2019 às 14:44

    nesse jogo de tabuleiro a dama compra naquele supermercado nas proximidades do santa rosa onde os preços são exorbitantes, porém, selecionados. Já o povão!!!! é um Deus nos acuda

  • angelo gonçalves de queiroz
    30 Abr 2019 às 11:31

    esta cumprindo promessa de campanha! só as que afetam o povo porque as promessas de colocar salários em dias, pagar RGA, valorizar servidores isso ele esqueceu, linda essa manchete do site quanto custou?

  • manolo
    30 Abr 2019 às 09:37

    Eis aí um jestor...ataca um dos conceitos mais importantes da modernidade, a SOBERANIA ALIMENTAR...pobre Mato Grosso, pobre país!

  • Moacir
    30 Abr 2019 às 09:17

    Nossa!! Parabéns, cumprindo promessa de campamha em...vai ser a unica ne, pelo jeito que as coisas andam..

  • arildo
    30 Abr 2019 às 08:34

    mais 30 desempregado, o comercio agradece mauro mendes!!!! a economia do estado esta ótima, e desse tipo de governo que precisamos

  • Rafael Pereira Duarte
    30 Abr 2019 às 08:33

    Mas afinal o que vai acontecer com o Ceasa? Com o espaço? Vai continuar aberto sobre ADM privada? Vai ocorrer uma privatização? Vai fechar? Alguém já viu o movimento que existe lá diariamente são milhares de pessoas que passam por lá. A questão é avisar que vai fechar e fazer o que? Esse povo só quer causar... Acho que tem pessoas do executivo, judiciário e leslislativo ganhando muitooooo acima dos 35 mil... E sobre isso ninguém fala nada.

Sitevip Internet