Olhar Direto

Quarta-feira, 19 de junho de 2019

Notícias / Cidades

Três são flagrados com 'supermaconha', cocaína e 250 comprimidos de ecstasy

Da Redação - Thaís Fávaro

03 Mai 2019 - 16:08

Foto: Assessoria PJC

Três são flagrados com 'supermaconha', cocaína e 250 comprimidos de ecstasy
Dois jovens identificados como Alexsandro de Melo Nascimento, de 19 anos, e Jhenifer Bianco Sousa Dias, de 18, foram presos em flagrante no sábado (29), em Guarantã do Norte (711 Km de Cuiabá), pelo crime de tráfico internacional de drogas. Eles transportavam 10 quilos de maconha, 1,5 quilo de Skunk (supermaconha), 100 gramas de cocaína e 250 comprimidos de ecstasy, trazidos do Paraguai. Junto com o casal foi apreendida uma adolescente de 17 anos identificada como N.M.S.

Leia mais
Garota de 15 anos é apreendida por suspeita de comandar tráfico de drogas em boca de fumo
 
De acordo com a Polícia Judiciaria Civil, o suspeito foi ao Paraguai no sábado (29) para adquirir armas de fogo e drogas. O material foi trazido entre tampas e na lataria do seu veículo, um Volkswagem Gol. Diante da suspeita, as equipes de investigadores se posicionaram na Rodovia BR-163, entre os municípios de Matupá e Guarantã do Norte, onde foi realizada a abordagem do investigado.
 
O suspeito estava na companhia das duas jovens e questionado, confessou que estava transportando cerca de 10 quilos de maconha no veículo. Em buscas no veículo a príncipio, foram encontrados, além da maconha, 1,5quilo de skank (supermaconha), e $19 mil em moeda Guarani. Ao ser questionado, o suspeito indicou o local onde o restante da droga estaria escondido.
 
A prisão dos jovens ocorreu durante continuidade de investigações conjuntas, referente a comercialização de armas de fogo sem registro, realizadas pelas equipes das Delegacias Regional e Municipal de Guarantã do Norte, em o suspeito Alexsandro era um dos alvos.
 
O veículo foi apreendido e todos os suspeitos encaminhados para a Delegacia de Guarantã do Norte para as medidas cabíveis. O casal deverá responder pelos crimes de associação ao tráfico e corrupção de menores. A adolescente responderá pelos atos infracionais análogos ao tráfico internacional de drogas e associação para tráfico.

0 comentários

AVISO: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Olhar Direto. É vedada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O site Olhar Direto poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema da matéria comentada.

Sitevip Internet