Olhar Direto

Segunda-feira, 16 de setembro de 2019

Notícias / Educação

Corte de mais de R$ 31 milhões no orçamento do IFMT deve impactar diretamente na qualidade do ensino

Da Redação - Thaís Fávaro

05 Mai 2019 - 11:20

Foto: Divulgação

Corte de mais de R$ 31 milhões no orçamento do IFMT deve impactar diretamente na qualidade do ensino
O Governo Federal anunciou no último dia 30 de abril o corte de 12,5% no orçamento destinado às 19 unidades do Instituto Federal de Mato Grosso (IFMT) que existem em 30 municípios do Estado. O corte deve afetar serviços terceirizados, água, energia elétrica, manutenção e segurança, o que impacta diretamente na qualidade do ensino oferecida na instituição. Ao todo, o valor pode chegar à R$ 31.838.793,00.

Leia mais
Prefeitura convoca aprovados em concurso para pedagogo e professor de educação física
 
De acordo com o documento divulgado pela instituição na sexta-feira (3), o corte pode inviabilizar as ações planejadas como reformas nas unidades e novas construções que estão em andamento, o que gera preocupação quanto ao futuro do ensino ofertado pela instituição.



O Ministério da Educação (MEC) informou que a medida segue uma restrição orçamentária imposta a toda administração pública federal por meio de um decreto do mês de março, ao qual houve contingenciamento de R$ 5,8 bilhões no orçamento da educação. E que o bloqueio operacional, técnico e isonômico, leva em conta a necessidade do Governo Federal se adequar à Lei de Responsabilidade Fiscal (LRF).

Segundo o MEC, o bloqueio é preventivo e pode ser revisto caso a Reforma da Previdência seja aprovada e as previsões de melhora na economia do Brasil se confirmem. O bloqueio, conforme o ministério, vale para o orçamento do segundo semestre.
 
Uma reunião entre o Conselho Nacional das Instituições da Rede Federal de educação Profissional, Cientifica e Tecnológica (Conif), com o apoio do Fórum de Planejamento e Administração (Forplan), será realizada entre os dias 7 e 9 de maio para discutir o impacto desse bloqueio para a instituição.
 

17 comentários

AVISO: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Olhar Direto. É vedada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O site Olhar Direto poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema da matéria comentada.

  • Max
    07 Mai 2019 às 16:36

    Pobre nunca aprende a crueza da realidade a que ele está submetido. Imagina que um dia também será rico. Mas nunca se convence de que os ricos estão sempre impedindo esse sonho de ser realizado. Como disse Leon Tolstoi: "Os ricos farão de tudo pelos pobres, menos descer de suas costas."

  • Vanderlene Silva
    06 Mai 2019 às 19:38

    Sou favorável extinção estado. Capitalismo puro. Saúde, segurança e educação privadas. Bolsonaro é o nosso presidente. Aceita que dói menos.

  • Eunice Calmon
    06 Mai 2019 às 14:16

    Vetado por conter expressões ofensivas e/ou impróprias, denúncias sem provas e/ou de cunho pessoal ou por atingir a imagem de terceiros. Queira por favor refazer seu comentário e reenviá-lo.

  • Roberto
    06 Mai 2019 às 12:52

    Deixa ver se eu entendi. Cortando as verbas da educação, todos os petistas, e pessoas de gênero não condizente ao que a nova politica gosta, irão fugir das faculdades e institutos federais? Simples assim? Cortar as verbas vai corrigir os problemas? E pensar em cortas verbas de gabinete por exemplo? Não ajudaria? Estranho, sangrar somente na educação.

  • Dr.STF
    06 Mai 2019 às 11:45

    O PT e seus aliados construíram varios prédios públicos para abrigarem as " novas IFMTs e Universidades mas como sempre somente para aliciiar jovens fracos de cabeça para saírem por aí regurgita do palavras de ordem , sem contar que só contratam professores com viés comunistas para pregarem nas salas de aulas , basta ver o nível dos professores kkk uma verdadeira piada , que bom que agora teremos comando e a limpeza vai ser geral .Mudem para Venezuela cambada de professores medíocres .

  • Luis Mello
    06 Mai 2019 às 08:57

    O governo Federal está certo! basta ver a pixação no muro externo da escola que vcs veram oque eles estão fazendo na cabeça dos alunos ...Tornando tudo Petistas. Já foi ótimo colegio a tempos atrás hj virou centro ideológico

  • Apolo
    06 Mai 2019 às 08:40

    Pega fogo CABARÉ!

  • João Paulo
    06 Mai 2019 às 08:38

    Ex-aluno do IFMT que acha que o curso era fraco, mas não tem coragem de assinar sua postagem? Será que é ex-aluno mesmo ou alguém querendo tumultuar com comentários medíocres como este? Ao assinar IFMT, com certeza não pode falar em nome da instituição toda. Se é mesmo ex-aluno, e se o curso é tão fraco assim, que emprego este rapaz deve ter hoje? Técnico em Química? Se sim, provavelmente tem que ser mandado embora por justa causa, pois seu curso foi muito fraco e não deve estar desempenhando bem seu serviço. Será que este suposto ex-aluno não teve formação crítica o suficiente para saber que a falta de estrutura nos laboratórios é exatamente a falta de mais investimento na educação? Agora que ele tem um diploma não quer outros diplomados concorrendo com ele no mercado de trabalho? Será que de fato os IFs formam uma geração de profissionais tão mesquinhos assim? A inclusão dos governos anteriores foi boa para este perfil de ex-aluno: individualista e os outros que não puderam ainda estudar que se danem? Não se crê que quem assina uma postagem desta possa ser ex-aluno do IFMT. Mas se acha que era tão bom para estudar num IFMT recém-instalado, que é o da Bela Vista, por que não foi estudar no IFMT do Centro ou num colégio particular? Ou por que não foi estudar nos EUA, onde a es

  • moreira
    06 Mai 2019 às 07:57

    Sou ex aluno do IFMT e afirmo que muitos campus foram construídos com a intenção de empreiteiros e futuros agentes que atuariam nessas administrações agiram no oba-oba para viabilizarem tais obras. Quem conhece o IF sabe que as obras são de padrão péssimo, materiais de terceira categoria e professores inaptos para a função. Um verdadeiro sumidouro de dinheiro publico. Isso sem comentar que não existem ou raramente existe um critério mercadológico que justifique a implantação dos Campus. Tudo feito na base da política e com base em esquemas. Bolsonaro está correto e digo mais: Precisa-se fechar algumas universidades e IFs pois não estão servindo para nada além de lugares com muita corrupção e muito dinheiro de impostos jogados no lixo além do enriquecimento de empreiteiros.

  • Flávio Marcelo
    05 Mai 2019 às 18:44

    E agora Willian de Paula, tome atitude, saia de sua salinha, esqueça o seu pensamento petista e arregace as mangas e vá trabalhar, correr atrás do prejuízo....quando você foi meu professor em São Vicente achei que você seria um grande líder, mas me enganei depois que vi a sua gestão... agora corra atrás do prejuízo que não pode ser da comunidade....

Sitevip Internet