Olhar Direto

Quarta-feira, 22 de maio de 2019

Notícias / Picante

Benefício estendido

TJ manda retirar tornozeleira de ex-secretário envolvido em desvios de R$ 8 milhões

Da Redação

08 Mai 2019 - 17:00

Foto: Rogério Florentino / Olhar Direto

Benefício estendido
A Segunda Câmara Criminal do Tribunal de Justiça de Mato Grosso (TJMT) determinou nesta quarta-feira (8), por unanimidade, a retirada da tornozeleira eletrônica do ex-secretário de Planejamento da gestão Silval Barbosa, Arnaldo Alves de Souza Neto. O pedido foi feito após a concessão do mesmo benefício ao ex-procurador-geral do Estado, Francisco Gomes de Andrade Lima Filho ("Chico Lima"), que recebeu autorização para retirada da tornozeleira em janeiro deste ano. Ele havia sido preso em decorrência da Operação Sodoma, que investigou um esquema que desviou R$ 8 milhões dos cofres públicos. O desembargador Pedro Sakamoto votou pela extensão do benefício a Arnaldo, ao entender que, no caso dele, também não há elementos que demonstrem a necessidade do monitoramento.

Mais Picantes

Sitevip Internet