Olhar Direto

Sexta-feira, 24 de maio de 2019

Notícias / Política MT

Galli diz que eleitores cuiabanos são conservadores e que será candidato se for vontade de Bolsonaro

Da Redação - Carlos Gustavo Dorileo

11 Mai 2019 - 08:25

Foto: Rogério Florentino/Olhar Direto

Galli diz que eleitores cuiabanos são conservadores e que será candidato se for vontade de Bolsonaro
O ex-deputado federal Victório Galli (PSL), em resposta a vice-presidente estadual de seu partido, senadora Selma Arruda, deveria saber que parte dos eleitores de Cuiabá que votaram nela e no presidente da República Jair Bolsonaro (PSL), são conservadores e que jamais elegeriam um político ligado a partidos como o PT.

Leia também
‘Não fez nada e largou o Estado com R$ 4 bi de dívida’, diz Nelson Barbudo sobre Taques


Atualmente trabalhando como assessor especial da Presidência da República, Galli já manifestou o interesse em disputar a eleição para prefeitura de Cuiabá em 2020. Em nota divulgada nesta sexta-feira (10), o ex-parlamentar explicou que se for a vontade de Bolsonado, irá entrar na briga pelo cargo.

“Meu partido é Jair Bolsonaro. Somente serei candidato à Prefeitura de Cuiabá (2020) ou virei candidato a deputado federal (2022) se assim for decidido pelo Capitão”, disse.
A resposta de Galli foi para uma entrevista de Selma ao site Mídia News, em que a parlamentar opina que o correligionário teria problemas para vencer uma eleição para prefeitura, por sua postura conservadora.

Para Galli, que é pastor evangélico, os conservadores e ativistas de direita, como cristãos, evangélicos e católicos foram os principais aliados de Jair Bolsonaro e dos vários candidatos que o seguiram.

“Poderia alegar surpresa diante da declaração da Senadora, pois ela deveria saber que o eleitorado do Bolsonaro é na sua imensa maioria conservador; e, este foi o eleitorado que dedicou o voto nos candidatos do PSL por todo o Brasil, inclusive na senadora Selma”, afirmou.

Galli presidia o PSL no Estado até o fim do ano passado, mas perdeu força pela aliança que fez com o PSDB de Pedro Taques e por não ter se reelegido.

Em seu lugar entrou o deputado federal mais votado no Estado, Nelson Barbudo e a senadora Selma Arruda, como vice-presidente.
 

20 comentários

AVISO: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Olhar Direto. É vedada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O site Olhar Direto poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema da matéria comentada.

  • orlando osmar vilela neto
    12 Mai 2019 às 10:05

    O vestuto tiranossauro rex , agora (graça a Deus), ex deputado Galli, deve a bem de si mesmo, fazer uma autocrítica sobre : 1º sobre si mesmo e 2º sobre o seu exercício parlamentar , ambos dignos de reflexão. Sou protestante reformado (conservador) , mas jamais votaria em um candidato com a visão tão míope da sociedade e do meio politico. Digno de lembrar o seu PL que versa, sobre a substituição dos animais da nossa fauna, pela figuras de personalidades históricas importante de nosso Brasil (será que calculou o custo), neste diapasão , acometido por uma gonorreia cerebral seu PLC 5774/16 que previa prisão de 15 a 90 dias pelo uso não legal de banheiros pela população trans. O pior de tudo isso, é o custo para a população civil, da manutenção de um "ser pensante" . Entre salários, verbas, passagens, assessores, plano de saúde, enfim o custo é elevadíssimo. O povo cuiabano, disseste bem é conservador e até o presente momento o PT, não consegui lograr exito , tanto no paço municipal , quanto no estadual, mas quero crer que este mesmo povo não é desprovido de inteligência . Como diz a Bíblia "dos homens são os seu projetos, mas a resposta certa vem dos lábios do Senhor" Pv. 16.1.

  • Natascha Lopes
    12 Mai 2019 às 09:35

    Por que ele não será candidato a prefeito de Sinop que é a cidade dele? ah! deve ser por que nem o povo de lá quer esse encosto como prefeito...que fique por lá, Cuiabá já tá cheia de encosto para colocarmos pra correr.

  • Rosilene
    12 Mai 2019 às 06:23

    Conservador?só se for na hipocrisia

  • Nonato
    12 Mai 2019 às 02:24

    Vai Vitório galo..sua t aca ta preparada.. vai levar uma sova daquelaa

  • Josenildo
    12 Mai 2019 às 01:25

    Em Mato Grosso não tem mais partido político, mas partido regionalista. Selma Arruda, Nelson Barbudo, Blairo Maggi, Vitorio Galli, tudo sulista.

  • Luiz rol
    11 Mai 2019 às 21:06

    Somos conservadores sim!!! POR ISSO VAMOS CONSERVAR O SENHOR BEM DE FORA DA POLITICA, SEU DEMAGOGO!

  • Mario Tupinamba
    11 Mai 2019 às 19:42

    Selma Arruda não é mais senadora. Condenada por unanimidade pelo TRE igual Lula está com os dias contados.

  • AREAL
    11 Mai 2019 às 15:44

    Um apelo aos evangélicos do Grande Templo ...não dão voto nesse homem , preconceituoso que a tempos se esconde atras dos valores da família para destilar todo seu ódio contra os homossexuais ...peço a vocês e não ao povo de mato grosso que esse em geral votam mal pra caramba e mesmo sabendo que o chicote vai comer no lombo...votaram em Pedro Taques , Emanoel pinheiro , mauro mendes e Bolsonaro , eta povo safado esse tal do mato-grossense com algumas exceções

  • Indignado.
    11 Mai 2019 às 15:20

    Vetado por conter expressões ofensivas e/ou impróprias, denúncias sem provas e/ou de cunho pessoal ou por atingir a imagem de terceiros. Queira por favor refazer seu comentário e reenviá-lo.

  • Jose do Cinlindro
    11 Mai 2019 às 14:30

    Esse Vitório Galli. Já era...nem os vizinhos dele votam nele. Esse já era.....FORA VITÓRIO GALLI.

Sitevip Internet