Olhar Direto

Terça-feira, 20 de agosto de 2019

Notícias / Política BR

Projeto de Bolsonaro, Mendes e Caiado abarca 27 cidades e vai recompor florestas

Da Redação - Patrícia Neves

05 Jun 2019 - 08:48

Foto: Rogério Florentino Pereira/Olhar Direto

Projeto de Bolsonaro, Mendes e Caiado abarca 27 cidades e vai recompor florestas
O presidente Jair Bolsonaro, juntamente com o governador de Mato Grosso Mauro Mendes e de Goiás, Ronaldo Caiado, assinam na manhã de hoje (5), convênio entre as gestões para o  plantio de mudas em propriedades às margens do Rio Araguaia.  Em razão da presença de Bolsonaro, um forte aparato de segurança foi montado e até o espaço aéreo chegou a ser fechado para garantir a segurança de Bolsonaro, na cidade de Aragarças (GO), que faz divisa com Barra do Garças (MT).

Leia Mais:
Deputada acusa ministro da Educação de tentar comprar votos de parlamentares mato-grossenses

O programa,  lançado  hoje no Dia Mundial do Meio Ambiente, prevê a recuperação de 10 mil hectares de áreas degradas em 27 municípios da região, sendo 5 mil em cada um dos Estados, Mato Grosso e Goiás. Na primeira etapa, o objetivo é recompor as florestas protetoras de áreas de preservação permanente e manejar pastagens e atividades agropecuárias com tecnologias de agricultura de baixo carbono, bem como implantar sistemas agroflorestais nas zonas de recarga de aquíferos, nas cabeceiras e nos afluentes que formam o Rio Araguaia.

Privilegiando as cabeceiras do rio que corta cinco estados em um percurso de 2600 quilômetros, a área de abrangência da atuação em Mato Grosso engloba os municípios que compõem o Comitê de Bacia Hidrográfica do Alto Araguaia: Alto Taquari, Alto Araguaia, Alto Garças, Araguainha, Ponte Branca, Ribeirãozinho, Torixoréu, Guiratinga, Pontal do Araguaia, Tesouro, General Carneiro, Barra do Garças.
 
Segundo agenda disponibilizada, às 14h30, os governadores Mauro Mendes e Ronaldo Caiado visitarão propriedades com áreas degradadas e farão um plantio simbólico de mudas de espécies nativas, simbolizando o início do programa. Do lado mato-grossense, o ato será realizado na Fazenda Pôr do Sol, no município de Pontal do Araguaia. Já em Aragarças, o local escolhido foi a Fazenda Bela Vista.

3 comentários

AVISO: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Olhar Direto. É vedada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O site Olhar Direto poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema da matéria comentada.

  • Taffarel
    06 Jun 2019 às 08:09

    Parabéns pela iniciativa. È louvável a iniciativa na região. Poderá ser um começo para a futura recuperação e drenagem de rios acoirados, de nosso Estado.

  • nilton
    05 Jun 2019 às 10:49

    Alguém traduz : " e manejar pastagens e atividades agropecuárias com tecnologias de agricultura de baixo carbono, bem como implantar sistemas agroflorestais nas zonas de recarga de aquíferos, nas cabeceiras e nos afluentes que formam o Rio Araguaia."

  • Samuel Baker mororo aragão
    05 Jun 2019 às 10:37

    Parabéns pela iniciativa!!!!

Sitevip Internet