Olhar Direto

Notícias / Cidades

Prefeito repudia ‘greve surpresa’ de motoristas de ônibus e afirma que irá à Justiça contra paralisação

Da Redação - Wesley Santiago

10 Jun 2019 - 10:11

Foto: Rogério Florentino/Olhar Direto

Prefeito repudia ‘greve surpresa’ de motoristas de ônibus e afirma que irá à Justiça contra paralisação
O prefeito de Cuiabá, Emanuel Pinheiro (MDB), repudiou o que chamou de ‘greve surpresa’ dos motoristas do transporte coletivo da capital mato-grossense. A categoria cruzou os braços nesta segunda-feira (10), por falta de pagamento de salários. O chefe do Executivo pontuou que o movimento é ilegal e que se não terminar ainda hoje, irá à Justiça para garantir o funcionamento do serviço.

Leia mais:
Sem pagamento, motoristas de ônibus cruzam os braços em greve nesta segunda
 
“O movimento é ilegal, uma vez que acontece sem o aviso prévio de 72h estabelecido por lei. O transporte público é um serviço essencial e também um direito social, portanto, 30% da frota deveria ser mantida em circulação”, diz trecho da Prefeitura de Cuiabá.
 
Emanuel Pinheiro também "estranhou" a paralisação neste momento, logo após a o lançamento do edital de licitação do transporte coletivo, procedimento que, segundo ele, não era realizado há 17 anos e que vai modernizar o transporte público de Cuiabá.
 
O prefeito determinou que o secretário Municipal de Mobilidade Urbana (Semob), Antenor Figueiredo, se reúna com representantes do sindicato dos Motoristas e das empresas para buscar uma solução para o retorno do transporte coletivo imediatamente.
 
“Indignado com a falta de respeito com a população, o prefeito Emanuel Pinheiro afirma que se as atividades do transporte coletivo não forem retomadas hoje, vai tomar providências na Justiça”, finaliza a nota de repúdio.
 
Greve
 
Os motoristas de ônibus resolveram cruzar os braços nesta segunda-feira (10). Os 340 veículos de Cuiabá e Várzea Grande não saíram das garagens. A greve foi motivada pela falta de pagamento do salário, que deveria ter ocorrido na última sexta-feira (07).
 
Segundo as informações da assessoria de Associação dos Transportadores Urbanos, a paralisação é de 100% dos veículos. O salário deveria ter sido pago na sexta-feira, o que não aconteceu.
 
As empresas estariam passando por dificuldades financeiras. Mesmo assim, prometeram tentar efetuar o pagamento ainda nesta segunda-feira.
 
Estima-se que mais de 300 mil pessoas utilizem o transporte público diariamente na capital.

24 comentários

AVISO: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Olhar Direto. É vedada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O site Olhar Direto poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema da matéria comentada.

  • Chaves
    11 Jun 2019 às 11:02

    O homem da grana no paletó. O mão de gato. repudiar as empresas que cobram uma fortuna e além de oferecer uma porcaria de serviço e ainda não pagar salário, não repudia.

  • Caleb
    11 Jun 2019 às 10:07

    Tem algo errado aí. O homem do dinheiro no bolso do paletó repudia a greve dos motoristas mão não repudia o atraso salarial.

  • Gladston
    11 Jun 2019 às 06:14

    Por que esse "Paletó" não usa de seus "super poderes" e ao invés de incomodar o trabalhador, não manda as empresas pagarem quem elas devem? Será que tem parceria Paletó/Empresário nisso aí??

  • Dona Sebastiana Aposentada - grande terceiro
    10 Jun 2019 às 20:52

    Por falar nisso, ces entenderam a propaganda da dengue que fala pra vira os peneu estilo rock di boa? Eu sou uma senhora idosa tem dois peneu aqui no minha casa e não entendi nada disso porque meu estilo não é rock e sim do siriri e cururu e não sei como fais? Mi ajudem!??? Quero evitar a dengue aqui no minha casa num tem?

  • Jose
    10 Jun 2019 às 19:50

    Toma vergonha na cara , nulidade administrativa.

  • Luiza Sauber
    10 Jun 2019 às 18:19

    Nós repudiamos vc Emanuel.

  • Areal II
    10 Jun 2019 às 15:31

    Repudiamos o senhor ser mais um prefeito eleito que come nas mãos dessa máfia dos transportes

  • vicente
    10 Jun 2019 às 15:29

    Mané fica sem os bolsos no paletó e vê a sua reação

  • Teka Almeida
    10 Jun 2019 às 14:47

    Prefeito, por que no seu discurso não tem o posicionamento de acionar os EMPRESARIOS NA JUSTIÇA??? Querem fazer dos motoristas de onibus o mesmo que fizeram com os da Santa Casa??? Eles não são politicos, eles tiram o suor do rosto para pagar suas contas e colocar comida na mesa. Toma VERGONHA.

  • Jozenil
    10 Jun 2019 às 14:32

    Gostaria de ver este prefeito andar de onibus e ficar ainda com o salário atrasado poderia e para o Cuiaba inteiro pra ver este Prefeito trabalhar melhor....e simples de resolver paga en dias que os motorista nao paraliza ok

Sitevip Internet