Olhar Direto

Terça-feira, 25 de junho de 2019

Notícias / Cidades

Uma mulher é morta a cada quatro dias em Mato Grosso; 38 assassinatos em 2019

Da Redação - Wesley Santiago

12 Jun 2019 - 08:15

Foto: Rogério Florentino/Olhar Direto

Uma mulher é morta a cada quatro dias em Mato Grosso; 38 assassinatos em 2019
Levantamento feito pela Coordenadoria de Estatística e Análise Criminal da Secretaria de Estado de Segurança Pública (Sesp) aponta que o número de homicídios envolvendo vítimas femininas em Mato Grosso, entre janeiro e maio de 2019, manteve-se igual ao mesmo período do ano passado, com 38 casos em cada ano. Isso dá uma média de uma execução a quase quatro dias.

Leia mais:
Mulher esfaqueia marido após tentativa de agressão em Cuiabá
 
Vale ressaltar que os números são referentes às mortes de mulheres, incluindo todas as motivações, e não apenas feminicídios.
 
O dia da semana que mais apresentou registros foi sexta-feira, com oito casos, seguido de quarta-feira, com sete. No domingo, quinta-feira e sábado foram registrados cinco homicídios em cada dia, enquanto na segunda-feira e terça-feira foram quatro cada.
 
A arma de fogo foi o meio mais empregado, conforme o levantamento, com 39% dos casos. Arma cortante ou perfurante foi utilizada em 32% das mortes, seguida por “outros”, com 18%; arma contundente, com 8%, e força muscular, responsável por 3% dos casos.
 
Já quanto à motivação, a maioria dos casos foi identificada como passional (37%), enquanto em 29% as circunstâncias ainda serão apuradas. Envolvimento com drogas corresponde a 16% das motivações, vingança a 10%, rixa a 5% e álcool a 3% dos casos.
 
Os dados
 
A fonte dos dados é o Sistema de Registro de Ocorrências Policiais (SROP), que congrega todos os Boletins de Ocorrências da Polícia Militar (PM-MT) e Polícia Judiciária Civil (PJC-MT).
 
É importante reforçar que os números são referentes a homicídios envolvendo vítimas femininas, e nem todos os casos são identificados como feminicídios. Este levantamento específico será feito semestralmente pela Coordenadoria de Estatística da Sesp, pois trata-se de uma qualificadora que é averiguada ao longo da investigação criminal.

3 comentários

AVISO: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Olhar Direto. É vedada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O site Olhar Direto poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema da matéria comentada.

  • Antônio
    12 Jun 2019 às 11:37

    Blz... 25 homens são mortos a cada 4 dias no Estado... nessa proporção vão restar só mulheres...

  • Rodrigo
    12 Jun 2019 às 10:47

    E o tal do plantão da delegacia da mulher em Cuiabá nada até agora né, só fizeram propaganda entrevistas fotos e nada!

  • Marcos
    12 Jun 2019 às 08:34

    É alarmante, assustador o número de mulheres assassinadas por motivos passionais. Uma mulher morta por esse motivo, a cada 100 anos já seria um absurdo.

Sitevip Internet