Olhar Direto

Terça-feira, 17 de setembro de 2019

Notícias / Política MT

Governo paga primeira parcela de salários atrasados da Santa Casa; veja cronograma

Da Redação - Wesley Santiago

12 Jun 2019 - 14:52

Foto: Rogério Florentino/Olhar Direto

Governo paga primeira parcela de salários atrasados da Santa Casa;  veja cronograma
O governo de Mato Grosso depositou – em conta bancária judicial da Caixa Econômica Federal -, nesta quarta-feira (12), a primeira parcela de R$ 3 milhões destinada ao pagamento dos salários atrasados dos servidores da Santa Casa de Misericórdia de Cuiabá. O acordo havia sido firmado no Tribunal Regional de Trabalho 23ª Região (TRT-MT).

Leia mais:
Acordo resolve salários na Santa Casa mas deixa mais de 500 processos trabalhistas pendentes, afirma juiz
 
O Estado também definiu um cronograma para efetuar o pagamento das outras parcelas. A segunda parte será depositada na segunda-feira (24), quando serão injetados mais R$ 3.170.475,75. Com isso, os pagamentos de junho somarão R$ 6.170.475.75 e o governo terá quitado 70% dos salários.
 
Nos próximos meses, o Executivo depositará, sempre no dia 24, quatro parcelas iguais de R$ 1.170.475.75. Os salários serão quitados integralmente após o pagamento da última parcela, no dia 24 de outubro.
 
A proposta de pagamento dos salários atrasados dos funcionários da Santa Casa foi homologada na segunda-feira (10), durante audiência pública no Centro Judiciário de Métodos Consensuais de Solução de Disputas (Cejusc) do TRT.
 
Os salários foram atrasados pela antiga administração do Hospital, que funcionava de maneira filantrópica. O Governo de Mato Grosso requisitou a administração da Santa Casa no dia 02 de maio e desde então trabalha intensivamente para reabrir as portas da unidade até o fim do mês de junho.
 
Quando estiver funcionando, a Santa Casa será o maior hospital de Mato Grosso, com 242 leitos e prestação de serviços de alta complexidade.

O governo fez uma requisição administrativa de bens e serviços, que é uma espécie de intervenção na unidade de saúde, conforme anunciou do governador Mauro Mendes (DEM), no dia 2 de maio. A medida é tomada nos casos em que há ameaça ou solução de continuidade dos serviços de saúde. Como é uma entidade privada, a empresa receberá uma indenização por parte do Executivo. O uso do bem privado por parte do Estado será indenizado, conforme os termos previstos pela Constituição Federal.
 
Em recente conversa com a imprensa, o secretário de Estado de Saúde (SES), Gilberto Figueiredo, contou que uma equipe de profissionais está fazendo um levantamento para contratação de todos os serviços especializados, aquisições de medicamentos e materiais necessários para que a reabertura seja feita. O secretário também explicou sobre os serviços que serão disponibilizados e que o foco será os atendimentos de alta complexidade.
 

Calendário de pagamento dos salários

Parcela

Dia e data

Valor

Quarta-feira (12.06)

R$ 3.000.000,00

 

Segunda-feira (24.06)

R$ 3.170.475,75

 

Quarta-feira (24.07)

R$ 1.170.475,75

 

Sábado (24.08)

R$ 1.170.475,75

 

Terça-feira (24.09)

R$ 1.,70.475,75

 

Quinta-feira (24.10)

R$ 1.170.475,75

 

 

1 comentário

AVISO: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Olhar Direto. É vedada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O site Olhar Direto poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema da matéria comentada.

  • Marcelo
    13 Jun 2019 às 11:33

    É com grande satisfação que recebemos esta notícia, como cidadão cuiabano fico feliz em saber que varios pais de família vão receber e pegar suas contas! Que Deus abençoe a todos!!!

Sitevip Internet