Olhar Direto

Segunda-feira, 09 de dezembro de 2019

Notícias / Política MT

Prejudicaram 5 mil trabalhadores, diz Emanuel sobre ação de vereadores contra ‘Prêmio Saúde'

Da Redação - Érika Oliveira

11 Jul 2019 - 08:20

Foto: Rogério Florentino Pereira/ Olhar Direto

Prejudicaram 5 mil trabalhadores, diz Emanuel sobre ação de vereadores contra ‘Prêmio Saúde'
O prefeito de Cuiabá, Emanuel Pinheiro (MDB), afirmou que já atua para revogar a medida cautelar do Tribunal de Contas do Estado (TCE) que suspendeu o pagamento do ‘Prêmio Saúde’ aos servidores da Secretaria Municipal de Saúde e considerou, ainda, que a ação proposta pelos vereadores de oposição tinha o interesse de atingí-lo. O direito foi suspenso por conta de uma Representação de Natureza Externa proposta por Marcelo Bussiki (PSB), Abílio Junior (PSC), Diego Guimarães (PP), Dilemário Alencar (Pros) e Felipe Wellaton (PV).

Leia mais:
Ação de vereadores contra secretário faz servidores terem benefício suspenso

“É lamentável acontecer isso. Quando se faz oposição com ódio, com rancor e buscando o quanto pior melhor, não se conformando com as conquistas que Cuiabá está obtendo, com os avanços que a gestão Emanuel Pinheiro promove, acabam no afã de me prejudicar, no afã de atrapalhar, prejudicando mais de cinco mil trabalhadores, principalmente aqueles que estão lá na ponta: enfermeiros, técnicos, servidores da saúde em geral que tinha esse prêmio saúde desde 2003 implantado em seu salário. Temos uma agenda com o Tribunal de Contas e eu estou me desdobrando para tentar evitar essa violência contra o direito dos trabalhadores da saúde da Capital”, declarou o prefeito, esta semana.

A suspensão do ‘Prêmio Saúde’ foi determinada pelo conselheiro Moisés Maciel, após denúncia de ilegalidade, feita pelos vereadores citados acima, quanto ao pagamento da gratificação ao secretário de Saúde Luiz Antônio Possas de Carvalho. Apesar da representação ser contra o titular da Pasta, a decisão do TCE atingiu todos os demais servidores da Secretaria, incluindo enfermeiros, técnicos e vigilantes.

Na ocasião, o secretário anunciou que ia devolver aos cofres públicas cerca de R$ 31 mil que recebeu pelo prêmio e que iria suspender definitivamento o pagamento da bonificação para si.

O Prêmio Saúde foi instituído pelo artigo 54 da Lei Complementar Municipal nº 094 de 03 de julho de 2003. O benefício é um incentivo financeiro ao servidor/gestor e que tem como meta a melhoria do índice de satisfação do usuário do Sistema Único de Saúde.

8 comentários

AVISO: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Olhar Direto. É vedada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O site Olhar Direto poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema da matéria comentada.

  • Ex funcionária da saude
    11 Jul 2019 às 15:37

    Nado posso dizer que sou a favor contra os vereadores mas de uma coisa eu posso afirmar só assim acaba a mamata dos apadrinhados enquanto o trabalhador que deu a vida toda trabalhando na saúde recebe 100 reais 70 reais os queridinhos e queridinhas que vai desfilar nos corredores das unidades principalmente do pronto socorro o prêmio mais baixo e 1000 reais isso quando vão trabalhar usa esse dinheiro nobres políticos para estruturar as unidades de saúde já que não é igual para todos de um salário digno para os funcionários e o dinheiro do prêmio investe em algo que a população nescesaita sauudeee agora só vai dar negrinho saindo pela culatra das inundara acabouuuu acabouuu enquanto muitos pais de fAmilia trabalhava para sustenTar sua as casas foram demitidos para colocarem os chamados cargos políticos com prêmios ótimos agora esses mesmo com certeza vai pedir demissão não sai mais leite

  • Jorge
    11 Jul 2019 às 13:24

    Eu não sei qual 5 mil trabalhadores da saúde..sendo que o verdadeiro trabalhador que está lá em baixo não ganhava nada..70 reais. Olha a diferença de quem ganha 3.500. 5.000..ai eles vão chorar mesmo..

  • José do Cilindro
    11 Jul 2019 às 12:30

    Vetado por conter expressões ofensivas e/ou impróprias, denúncias sem provas e/ou de cunho pessoal ou por atingir a imagem de terceiros. Queira por favor refazer seu comentário e reenviá-lo.

  • Vagner
    11 Jul 2019 às 12:09

    Solicito que de fato o prêmio saúde seja pago a todos de acordo com a nova Portaria, pq somente alguns estavam recebendo de acordo com a nova portaria e outros com a velha portaria. Igualdade para todos !

  • Uai
    11 Jul 2019 às 09:39

    Uai para que pagar benefícios se os mesmo não dão valor nenhum no seu trabalho, e também ainda falta mais funcionarios para atender tanto nas upas das comunidades e nos pronto socorro da cidade, o certo é você começar a realmente organizar a qualidade da saude para melhor

  • Guto da Mandioca
    11 Jul 2019 às 08:50

    Vamos esquecer que se trata de Secretaria "A"ou "B". No meu entendimento os nobres vereadores estão fazendo o seu papel. Agora, dizer que um funcionário de uma Secretaria Municipal possa ganhar quase 8.000,00 de gratificação por produtividade é um absurdo, diante das demais secretarias. Depois, vem o Poder Público dizer que , como exemplo, falta funcionários na saúde. "Isto é uma disparidade inaceitável. #ForaNeneuPaletó

  • Alfaite Revoltado
    11 Jul 2019 às 08:48

    Estou passando para avisar que ja fiz os ajustes no bolso do seu Paletó, aumentei consideravelmente o tamanho e a profundidade, desta forma, agora não haverá mais o problema de cair no chão, cabe até barras de ouro caso seja necessário. Abraço.

  • José
    11 Jul 2019 às 08:34

    Só faltou dizer uma coisa Sr. Grande Prefeito: quem paga esses mimos populistas é a população que não tem gratificação de nada.

Sitevip Internet