Olhar Direto

Quarta-feira, 17 de julho de 2019

Notícias / Cidades

Mulher de 23 anos é morta após espancamento e marido é preso pelo crime

Da Redação - Patrícia Neves

11 Jul 2019 - 18:47

Foto: Assessoria PM

Mulher de 23 anos é morta após espancamento e marido é preso pelo crime
Policiais militares prenderam na tarde de hoje, Paulo André de Oliveira, de 36, suspeito de assassinar a companheira, após uma série de espancamentos. A mulher foi encontrada pela mãe, nesta quinta-feira (11), com o rosto desfigurado e corpo machucado nos fundos da residência na zona rural do município de Campo Verde (a 125 km de Cuiabá). Esse é terceiro caso de assassinato de mulheres por ex-companheiros somente nessa semana. 

Segundo a assessoria da Polícia Militar, os policiais foram acionados pela mãe da vítima e chamaram o Serviço Móvel de Urgência (Samu), que constatou que a mulher, identificada como Bruna Francisca da Silva, de 23 anos, já estava sem vida.

Leia Mais:
Mulher é morta asfixiada em quarto de hotel em Várzea Grande; suspeito é procurado

De acordo com a mãe, ainda era de madrugada quando ela viu a filha e o marido discutindo após chegarem de uma festa. Ao presenciar o homem agredindo a filha, a mãe tentou intervir, mas acabou sendo impedida pelo suspeito, que tomou o celular de sua mão e obrigou a sogra a ficar trancada em um dos quartos da residência.

Policiais identificaram diversas manchas de sangue pelas paredes do local onde a vitima foi encontrada. Após uma série de diligências, os militares conseguiram prender o suspeito que foi encaminhado para a delegacia de flagrantes e pode responder por crime de feminicídio.  

Violência sem fim

Na terça-feira (10), o corpo de Luciana Aparecida da Silva foi encontrado em um quarto de hotel na cidade de Várzea Grande. O ex-namorado, Daniel Domingos Mendes, 39 anos, a matou asfixiada. No dia seguinte, cometeu suicídio.  

No dia 9 de julho, o  principal suspeito de matar a ex-esposa Débora de Oliveira Silva, 37 anos, cometeu suicídio, no distrito de Caravágio, na cidade de Cáceres,  para não ser preso. Marcos Rogério Lima, 33 anos, atirou com uma espingarda no rosto da ex-companheira. A mulher morreu pouco depois de ser levada ao hospital.

 
Sitevip Internet