Olhar Direto

Domingo, 15 de dezembro de 2019

Notícias / Política MT

Deputados querem CPI da Grampolândia e Botelho pede esclarecimentos a chefe do MP

Da Reportagem Local - Carlos Gustavo Dorileo/Da Redação - Érika Oliveira

17 Jul 2019 - 10:00

Foto: Rogério Florentino/Olhar Direto

Deputados querem CPI da Grampolândia e Botelho pede esclarecimentos a chefe do MP
Um grupo de deputados informou ao presidente da Assembleia Legislativa de Mato Grosso, deputado Eduardo Botelho (DEM), a intenção de requerer a abertura de uma Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) para apurar o envolvimento de membros do Ministério Público na chamada ‘Grampolândia Pantaneira’. O chefe do Legislativo pediu cautela aos parlamentares e convidou o procurador-geral de Justiça, José Antonio Borges, para ir até a Casa de Leis prestar esclarecimentos.

Leia mais:
Janaína cita “banda podre do MP” e pede que procurador explique acusações sobre grampos

“Existe um sentimento de alguns deputados no sentido de se fazer uma CPI. Eu pedi para eles aguardarem, porque vamos pedir a vinda do procurador-geral para ele vir aqui conversar com os deputados, fazer alguns esclarecimentos, aí a gente vai poder tomar uma decisão”, explicou Botelho, na manhã desta quarta-feira (17).

Nesta terça-feira (16), José Antônio Borges determinou a instauração de procedimento administrativo para investigar possível ocorrência de desvio de finalidade na utilização de "verbas secretas" do Grupo de Atuação Especial Contra o Crime Organizado (Gaeco), no período compreendido entre o segundo semestre de 2015 e o primeiro semestre de 2016.

O procedimento foi instaurado diante da divulgação de trechos de depoimento prestado pelo cabo Gérson Corrêa no processo da Grampolândia. O militar acusou o Gaeco de falsificar prestações de contas.

Segundo nota do Ministério Público, as verbas são destinadas a cobrir despesas operacionais em procedimentos investigatórios reservados que exigem sigilo, porém há um controle do seu uso por meio de prestação de contas.

“Eu não sou nem contra nem a favor [a CPI]. Os deputados têm que ouvir, mas quem decide isso não é o presidente. A CPI é um instrumento, inclusive, de minorias, porque precisa de apenas oito assinaturas e o Regimento não poder para o presidente vetar ou não. A única coisa que pedi foi cautela, para não tomarmos decisão em cima de notícias. Por isso que temos que ouvir o procurador-geral. Não tem necessidade de fazer isso de maneira afoita”, pontuou Botelho.

8 comentários

AVISO: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Olhar Direto. É vedada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O site Olhar Direto poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema da matéria comentada.

  • joao
    17 Jul 2019 às 14:41

    A prisão do ex-governador está na contagem regressiva.

  • ELEITOR
    17 Jul 2019 às 13:03

    COICIDENCIA OU NÃO O SILVAL FOI PRESO EM SETEMBRO E PARECE QUE PELO ANDAR DAS DELAÇÕES DA CUPULA DA POLICIA MILITAR O PEDRO TAQUES NÃO PASSA DE SETEMBRO.. OS SERVIDORES E SEUS FAMILIARES ESTÃO AGURDANDO ANSIOSOS PELA PRISÃO DESTE EX GOVERNADOR QUE TANTO NOS HUMILHOU E O ATUAL GOVERNADOR A SUA VEZ DE ACERTAR COM A JUSTIÇA VAI CHEGAR...

  • ELEITOR
    17 Jul 2019 às 13:00

    MATO GROSSO ESTA DIFÍCIL PARA SE VIVER PORQUE O JUDICIÁRIO, A POLICIA E MPE SOB SUSPEITA. ESTE PRESIDENTE DA ASSEMBLEIA ENVOLVIDO NO ESCÂNDALO DO DETRAN. EU PERGUNTO COMO QUE ALGUÉM QUE ESTA CITADO NO ESQUEMA DO DETRAN PODE QUERER APURAR QUALQUER IRREGULARIDADE?

  • Michele
    17 Jul 2019 às 12:46

    Só o MP pode investigar membros do MP. A criação de uma CPI seria inconstitucional.

  • Edivaldo
    17 Jul 2019 às 12:39

    Essa tal de grampolândia já saturou, mas também desmoralizou boa parte das instituições de Mato Grosso.

  • Luiz
    17 Jul 2019 às 11:34

    Vão prender Pedro Taques quando??Depois que as testemunhas ou delatores sofrerem ameaças e o clamor público....a sociedade que vai pagar a conta das indenizações das vítimas dos grampos merece uma resposta...

  • joaoderondonopolis
    17 Jul 2019 às 10:51

    Deputados querem CPI dos grampos? Perceberam que de agora em diante não vai ficar pedra sobre pedra. Antes ninguém falava nada. E acredito em novas prisões. A sociedade quer resposta, doa a quem doer. Parabéns Desembargador Perri e Parabéns militares.

  • paulo
    17 Jul 2019 às 10:20

    Vetado por conter expressões ofensivas e/ou impróprias, denúncias sem provas e/ou de cunho pessoal ou por atingir a imagem de terceiros. Queira por favor refazer seu comentário e reenviá-lo.

Sitevip Internet