Olhar Direto

Domingo, 15 de dezembro de 2019

Notícias / Cidades

Adolescente de 13 anos desaparece após sair de casa e deixar bilhete

Da Redação - Fabiana Mendes

18 Jul 2019 - 09:25

Foto: Reprodução

Adolescente de 13 anos desaparece após sair de casa e deixar bilhete
Uma adolescente de 13 anos, identificada como Emili Paula de Barros, desapareceu na manhã desta quarta-feira (17), após sair de casa de bicicleta para ir ao posto de saúde. Ela mora com os pais,  no bairro São Francisco, em Sorriso (a 397 quilômetros de Cuiabá).

Leia mais:
Criminosos matam Rottweiler e sequestram gerente de fazenda em assalto

A mãe da menor, Adriana Alexandre Brito contou ao Olhar Direto que a filha saiu de casa por volta das 7h30, em uma bicicleta. Ela deixou um bilhete dizendo que iria marcar uma consulta no posto de saúde da região. Desde então, não foi mais vista.

Emili estava de calça jeans, blusa com estampa florida e chinelo. Ela saiu apenas com a roupa do corpo e a mãe não soube informar se ela levou documentos pessoais, porém, acrescentou que não encontrou a documentação da filha em casa. 

De acordo com Adriana, a filha não tem histórico de desaparecimento, não sai no período noturno e costuma jogar basquete e frequentar a igreja.  Um boletim de ocorrência foi registrado na Polícia Civil do município, que deverá apurar o caso. O Conselho Tutelar também foi acionado.

Quem tiver informações que levem ao paradeiro de Emili pode entrar em contato com a polícia, através do 190 ou falar com a família através dos seguintes números: (66) 9 9692-4185 (Adriana) / (66) 99604-9294 (Laerte - padrasto).
 

9 comentários

AVISO: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Olhar Direto. É vedada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O site Olhar Direto poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema da matéria comentada.

  • Kellen Sousa
    20 Jul 2019 às 07:47

    Se trabalhasse, não enchia paciência da família. Sou favorável à trabalho infantil, como nosso presidente Bolsonaro.

  • Edmundo
    19 Jul 2019 às 03:00

    Pelo comentário da ana ela deve saber de algo! Penso eu que se nao vai ajudar pelo menos respeite a família

  • Reginaldo
    18 Jul 2019 às 12:22

    Deus é , logo logo essa mocinha vai voltar pra casa, sã e salva!

  • Antônio
    18 Jul 2019 às 11:32

    Como tenho falado nesses casos... essa é uma idade em que a adolescente se coça muito... aí eles precisam viver uma aventura... depois voltam como se nada tivesse acontecido...

  • Temos Fé
    18 Jul 2019 às 11:28

    Deus sabe da dor que é quando uma família passa por isso. Tivemos um amiguinho na época ele foi parar nas paginas de procurados, é horrível isso. Vamos orar por esta familia...

  • Júlio César
    18 Jul 2019 às 11:02

    Geração nem-nem. Nem estuda Nem trabalha. Ainda enche saco da polícia. Comecei a trabalhar com oito anos.

  • Zeca
    18 Jul 2019 às 10:50

    ... blusa com flores... Não seria blusa com estampa florida? Da maneira que está escrito dá a impressão que ela usava uma blusa coberta de flores, não?

  • Ana
    18 Jul 2019 às 10:05

    Sinto lhe dizer que vc não conhece sua filha como vc pensa.

  • PRIME
    18 Jul 2019 às 09:42

    Vetado por conter expressões ofensivas e/ou impróprias, denúncias sem provas e/ou de cunho pessoal ou por atingir a imagem de terceiros. Queira por favor refazer seu comentário e reenviá-lo.

Sitevip Internet