Olhar Direto

Sexta-feira, 15 de novembro de 2019

Notícias / Carros & Motos

Caminhoneiro de 70 anos é preso por matar colega após 'briga' por vaga para abastecer

Da Redação - Patrícia Neves

21 Jul 2019 - 08:38

Arma usada no crime foi localizada pelos policiais

Arma usada no crime foi localizada pelos policiais

Policiais da 2ª Companhia de Polícia Militar de Matupá (a 696 km de Cuiabá) prenderam em flagrante o caminhoneiro que matou o colega de profissão durante uma briga por vaga para abastecer os veículos. Identificado pelas iniciais D.C.,70 anos, matou a tiros V.S.,47 anos, em um posto na zona rural da cidade, às margens da BR-163.O crime ocorreu na manhã deste sábado (20.07), por volta das 7 horas.

Leia Mais:
Blitz da Lei Seca prende sete motoristas alcoolizados e autua 50 em Cuiabá

Segundo a assessoria da Polícia Militar, após a comunicação da ocorrência, os policiais encontraram o caminhão que o suspeito dirigia, onde também estava um revólver calibre 32, com cinco munições deflagradas e uma intacta, considerada a possível arma utilizada no crime.

Logo depois, ao continuar as buscas, a equipe da PM conseguiu localizar e prender o suspeito em uma área de mata fechada, atrás do posto de combustíveis onde o crime foi cometido.

O caminhoneiro confessou a autoria, mas argumentou que havia sido agredido com socos e uma barra de ferro e, por isso, teria atirado. Disse ainda não lembrar de ter acertado o primeiro tiro, mas como a vítima ainda reagia, fez mais disparos.

No caminhão da vítima foram encontrados alguns comprimidos de substâncias análogas à anfetamina (rebite), que foram apreendidos e entregues à delegacia local. V.S. dirigia uma carreta bitrem e trabalhava para uma transportadora.

D.C. pode responder por homicídio e porte ilegal de arma.
Sitevip Internet